Menu
sábado, 24 de outubro de 2020
Esportes

Brasil vence o Irã por 4 a 2 no Desafio de Futsal

29 Mar 2009 - 13h40Por Redação São Carlos Agora
Mesmo sem contar com Lenísio, o Brasil enfrentou o Irã, pela terceira partida do Desafio de Futsal, no embalo do talento de outro craque: Falcão. O camisa 12 marcou os dois primeiros gols da partida. Darlan e Ari completaram o placar na vitória por 4 a 2, no ginásio Milton Olaio Filho em São Carlos. Mesmo com a superioridade brasileira, a equipe iraniana mostrou força e chegou a incomodar com gols de Taheri e Kshavarz.O jogo começou muito movimentado e, aos 5 minutos, Falcão entrou driblando na área adversária e foi derrubado pelo camisa 7, Hassanzadeh, recebendo o pênalti. O craque brasileiro bateu sem força, no meio do gol, facilitando o trabalho goleiro Nazari, que defendeu sem problemas com o braço esquerdo.O Brasil resolveu acelerar o jogo e atacar mais. Falcão foi derrubado na intermediária e, em jogada ensaiada, recebeu a bola de Valdin pela esquerda e bateu com força, desta vez, sem dar chances de defesa para Nazari. O placar estava aberto: Brasil 1 a 0.Falcão continuava se destacando. Após jogada rápida em um lateral, a favor da equipe brasileira, o camisa 12 completou passe na medida de Cabreúva, com a perna esquerda, de virada, para as redes: 2 a 0.A disputa seguiu movimentada até o final da primeira etapa. Faltando um minuto e meio, Ari tentou alcançar a bola com o pé, e o jogador de número 18 do Irã, que tentava dominar com a cabeça, levou a pior e foi atingido no rosto.A segunda etapa começou morna, com os dois times se estudando por alguns minutos. Os adversários ameaçaram o gol de Thiago com uma forte finalização que passou raspando a trave. Melhor na partida, a equipe do Oriente Médio não demorou a marcar. O camisa 10, Taheri, fez bela jogada individual, invadindo a área brasileira, driblando Thiago, e concluindo para o gol. O Irã diminui o placar e cresceu na partida.Os jogadores de PC de Oliveria não queriam entregar o empate e investiram no setor ofensivo. Em boa trama do ataque, Falcão bateu colocado, acetando a trave esquerda de Nazari, que apenas acompanhou com o olhos.A mudança de postura deu certo. Aos 8 minutos, o jovem Darlan completou escanteio com a parte interna do pé, acertando a bola entre as pernas do goleiro rival. Um alívio para a equipe verde-amarela, que fez 3 a 1. O Brasil retomou as rédeas do jogo e, em contra-ataque, Ari disparou sozinho pela direita com velocidade, chutando alto na saída de Nazari. Um belo gol, para a alegria da torcida paulista, que fez a festa em São Carlos: 4 a 1.No final do jogo, os brasileiros resolveram botar o pé no freio e os iranianos acordaram. Aos 17, Kshavarz arriscou um chute de longa distância, que desviou em Ari e enganou Thiago: 4 a 2 e fim de papo.Globo Esporte
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias