Menu
quinta, 15 de abril de 2021
Entretenimento

UFSCar recebe 11ª Mostra Cinema e Direitos Humanos

27 Out 2017 - 04h03Por Redação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) sediará, nos dias 30 e 31 de outubro, sessões da 11ª Mostra Cinema e Direitos Humanos. O evento resulta da seleção da Universidade em edital para pontos de itinerância da Mostra, que é uma promoção do Ministério dos Direitos Humanos em parceria com o Instituto Cultura em Movimento (Icem). Na UFSCar, a Mostra, que acontece pelo segundo ano consecutivo, é uma realização da Secretaria Geral de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade (SAADE) e integra as ações previstas no plano de trabalho para o Pacto Universitário de Educação em Direitos Humanos, do qual a Instituição é signatária.

Todas as sessões acontecerão no Auditório do Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH), que fica na área Sul do Campus São Carlos da UFSCar, no Edifício de Aulas Teóricas - AT 2. As sessões serão seguidas de debates e uma característica importante da Mostra é a disponibilidade de recursos de acessibilidade como audiodescrição, legendas e interpretação em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Como esses recursos, por questões técnicas, não podem ser exibidos ao mesmo tempo, no dia 30 a exibição será em Português/Libras e com legendas e, no dia 31, em Português com recurso de audiodescrição.

No dia 30, a partir das 15 horas, serão exibidos os filmes "Depois Que Te Vi" - sobre a paixão de Gustavo, um jovem autista; "Hora do Lanchêêê" - que fala sobre a fome; "Meu Nome é Jacque" - com a história de vida de Jacqueline Rocha Côrtes, mulher transexual brasileira;e "Índios no Poder" - sobre a candidatura do cacique Ládio Veron a deputado federal. O debate está previsto para começar às 17 horas. No mesmo dia, às 19 horas, outra sessão exibe "Do Que Aprendi com as Minhas Mais Velhas", documentário sobre a fé no Candomblé; "Cartão Vermelho", premiado curta-metragem de Laís Bodanzky sobre o despertar da sexualidade em uma adolescente; "Imagine uma Menina com Cabelos de Brasil", que trata da trajetória de uma menina em busca de aceitação; "Mônica Freestyle" e "Nana Nenê" - cada um deles com 30 segundos; e, para encerrar, "De Que Lado Me Olhas", sobre a desconstrução de estigmas e a expressão de identidades. O debate deve começar às 20h30.

No dia 31, as sessões acontecem às 15 horas (com debate a partir das 16h30) e às 18h30 (debate a partir das 20h45), com os mesmos filmes nos horários inversos. A programação completa e mais detalhes sobre os filmes podem ser acessados no Facebook do evento (https://goo.gl/b3nqKq).

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias