Menu
quarta, 08 de abril de 2020
Dias de folia

Baile do Simonal agita a noite de sexta-feira no Sesc São Carlos

20 Fev 2020 - 09h30Por Redação
O show concebido e produzido por Max de Castro e Wilson Simoninha, filhos do cantor - Crédito: DivulgaçãoO show concebido e produzido por Max de Castro e Wilson Simoninha, filhos do cantor - Crédito: Divulgação

Como parte dos bailes carnavalescos que irão agitar São Carlos, o Sesc programou para o ginásio de eventos, o “Baile do Simonal”, que acontece a partir das 20h de sexta-feira, 21.

Abrilhantarão o evento, Simoninha e Max de Castro e será mais que uma homenagem, trata-se de uma verdadeira festa. O show concebido pelos filhos do cantor Wilson Simonal, apresenta uma valiosa porção do repertório deste artista que encantou as massas. A abertura da festa terá a banda Vinil 78, de São Carlos.

Os ingressos custarão de R$ 9 a R$ 30 e não é recomendado para menores de 16 anos

Venda de ingressos

Internet – pelo portal sescsp.org.br

Bilheterias - Nas unidades do Sesc do Estado de São Paulo.

Venda limitada a 2 ingressos por pessoa.

CELEBRAÇÃO À ALEGRIA E AO SUINGUE

O Baile do Simonal é mais que uma homenagem, trata-se de uma verdadeira festa. O show concebido e produzido por Max de Castro e Wilson Simoninha, filhos do cantor, apresenta uma valiosa porção do repertório deste artista que encantou as massas.

O repertório do show Baile do Simonal é composto por canções lançadas nos anos 1960, começo dos 70: Mustang Cor de Sangue, Terezinha, Na Galha do Cajueiro, Meia Volta (Ana Cristina), Sá Marina, País Tropical, Nem Vem Que Não Tem, Lobo Bobo, Balanço Zona Sul, Mamãe Passou Açúcar Em Mim, Está Chegando A Hora, Vesti Azul, Carango, A Tonga da Mironga do Kabuletê, Que Maravilha, Aqui É o País do Futebol, Tributo a Martin Luther King, Meu Limão, Meu Limoeiro, Menininha do Portão e Zazueira.

O Baile do Simonal foi lançado em DVD e CD pela EMI Music. O registro do show, gravado em agosto de 2009 no Rio de Janeiro, reúne artistas de diversas gerações em torno do cancioneiro de Simonal. O projeto contou com participações de Caetano, Maria Rita, Seu Jorge, Sandra de Sá, Paralamas do Sucesso, Diogo Nogueira, Samuel Rosa, Rogério Flausino, Orquestra Imperial, Ed Motta, Mart´nália, Frejat, Fernanda Abreu, Marcelo D2, Alexandre Pires, Péricles e Tiaguinho. Sucesso de público e crítica o "Baile do Simonal" chegou às lojas de todo o país e foi exibido como especial de fim de ano pela rede Globo.

A fluência e o entrosamento da banda garantem o suingue do Baile. O time montado para esta bem sucedida empreitada é formado por Samuel Fraga (bateria), Robinho Tavares (baixo), Walmir Borges (guitarra e violão), Xuxa Levy (teclados, programações e flauta), Marcelo Maita (piano), Adilson Didão e Laércio da Costa (percussão), Ubaldo Versolato (sax-barítono e flauta), Josué dos Santos (sax-tenor), Will Boné (trombone), Daniel D’Alcântara e Walmir Gil (trompete e flugelhorn).

O show Baile do Simonal foi realizado no Rio de Janeiro em 19 de Fevereiro de 2010 no Morro da Urca e contou com participações de Sandra de Sá e Banda Moinho. No dia 27 deste mesmo mês eles se apresentaram no Citibank Hall em São Paulo. A apresentação teve lotação esgotada e participações de Ed Motta, Jair Rodrigues, Fernanda Abreu e Marcelo D2.

SOBRE SIMONAL

Músico, cantor, compositor e apresentador de televisão, Wilson Simonal tinha um poder de comunicação único. Ele se tornou o primeiro pop star negro brasileiro, sua voz percorreu o mundo, ele foi um dos poucos artistas brasileiros há dividir o palco com grandes estrelas como Sarah Vaughan e Stevie Wonder. Simonal lançou modas, encantou platéias com seu talento e carisma ,tanto que regeu um coral de trinta mil vozes no Maracanãzinho.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias