Menu
segunda, 21 de junho de 2021
S.Carlos no mundo da ciência e da tecnologia

O Instituto de Física de São Carlos/USP e a ciência brasileira se despedem do pioneiro e renomado cientista inovador professor Sérgio Mascarenhas

06 Jun 2021 - 08h21Por Kleber Jorge Savio Chicrala
Prof . Dr. Sergio Mascarenhas tinha na simbologia de Jano (em latim: Janus) uma mensagem significativa da importância eentendimento do passado, e da força e importância no futuro, onde na Ciência trabalhava conceitos importantíssimos para a Humanidade. - Crédito: divulgação/USPProf . Dr. Sergio Mascarenhas tinha na simbologia de Jano (em latim: Janus) uma mensagem significativa da importância eentendimento do passado, e da força e importância no futuro, onde na Ciência trabalhava conceitos importantíssimos para a Humanidade. - Crédito: divulgação/USP
A figura de Jano (em latim: Janus) é associada a portas (entrada e saída), bem como a transições. A sua face dupla também simboliza o passado e o futuro. Jano é o deus dos inícios, das decisões e escolhas. O maior monumento em sua glória se encontra em Roma e tem o nome de IanusGeminus ("gêmeos Jano")
O Professor Dr. Sergio Mascarenhas , deixa o mundo científico de luto com sua passagem. Cientista renomado nacionalmente e internacionalmente, foi fundador do Instituto de Física de São Carlos - USP, da Unidade Embrapa Instrumentação (CNPDIA),da implantação da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), e de tantas instituições de ensino e pesquisa no Brasil a qual apoiou,  com extrema dedicação a ciência e a educação no País. Fez de seu pioneirismo e entusiasmo uma referência para as futuras gerações, sendo um dos grandes responsáveis pelo desenvolvimento científico no Brasil. 
 
Nas palavras do Prof. Dr. Vanderlei Salvador Bagnato, que reconhece com ênfase a importância e o legado deixado pelo Prof. Dr. Sergio Mascarenhas , e a qual declara existir devido a este grande cientista, destacou: “Moleque ainda, correndo pelas ruas da cidade, jogando bola, eu já ouvia falar do professor Sérgio Mascarenhas e da unidade de física que estava se instalando na Engenharia “, afirmou o Prof. Dr. Vanderlei Salvador Bagnato, Diretor do Instituto de Física de São Carlos(IFSC) – USP, em entrevista a revista pesquisa Fapesp em data passada.
 
E o Prof.Bagnato ( Diretor do IFSC – USP) acrescenta e fala do Amigo , eterno Mestre e pioneiro da Física Prof. Dr. Sergio Mascarenhas da seguinte forma:  “Referência para muitos, fazendo amigos e colaboradores em todos lugares, inconformado com as desigualdades, Prof. Sérgio Mascarenhas é o tipo do visionário, que enxerga além da maioria e sabe como conduzir, mesmo os incrédulos, a atingirem o impossível. Incansável e determinado a sempre prosseguir, pensou em ciência mesmo nos seus últimos momentos. É um exemplo a seguir, se tivéssemos uma lista sobre " os cientistas que fazem", Sérgio Mascarenhas seria o topo.
 
Sergio Mascarenhas Oliveira
 
Possuia graduação em Física pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (1952) e graduação em Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1951). Professor Titular da Universidade de São Paulo - Instituto de Física e Química de São Carlos (atualmente aposentado). Professor visitante nas Universidades de Princeton, Harvard, MIT (EUA). Professor visitante na Universidade Nacional Autonoma e Centro de EstudiosAvanzados (México). Professor visitante no Institute of Physical and Chemical Research (Japan). Professor visitante na London University (RU). Professor visitante no Inst. Center for Theoret. Physics - Trieste e Univ.de Roma (Itália). Fundou e dirigiu o Instituto de Física e Química de São Carlos USP. Fundou e dirigiu o Centro Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento de Instrumentação Agropecuária em São Carlos (EMBRAPA). Cooperou na fundação da Universidade Federal de São Carlos e na criação do curso de Engenharia de Materiais. Fundou e dirigiu o Fórum Unicamp (Universidade de Campinas). Fundou e dirigiu a Fundação de Pesquisas Adib Jatene (Instituto Cardiologia Dante Pazzanese - SP). Implantou e dirigiu cursos de biofísica e física médica no ICTP (Trieste, Itália) a convite do Premio Nobel Abdus Salam. Coordenador de Projetos do Instituto de Estudos Avançados de São Carlos USP. Fundou e dirige o Programa Internacional de Estudos e Projetos para a América Latina no Instituto de Estudos Avançados da USP - São Carlos. Membro do Conselho Universitário da UNICAMP. Diretor do Programa "Educação e Ensino de Ciências para a América Latina - Ford Foundation. Coordenador Geral da Rede de Inovação e Prospecção Tecnológica para o Agronegócio (RIPA)- Min. De Ci. E Tec. (MCT) e IEA-USP-São Carlos. Orientou dissertações de mestrado e teses de doutorado, publicou trabalhos e livros no Brasil e no exterior. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Física da Matéria Condensada, atuando também nos seguintes temas: Biofísica Molecular; Física Médica; Física e Dosimetria das Radiações; Ciência e engenharia de materiais; Tomografia Computadorizada aplicada a polos e agropecuária; Educação para Ciência; Ciência e Arte em Arqueologia e Restauro. Recebeu os seguintes prêmios: Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico (Presidência da República); GugemheimAward (EUA); FullbrightAward (EUA); Yamada Foundation Award (Japão); Professor Emérito do Instituto de Física e Química de São Carlos (IFQSC/USP); Professor Emérito da Universidade Nacional (México); Cátedra Honorária M. Vallarta (México - Univ. Nac. Autonoma); Cidadão Honorário da cidade de São Carlos; Personalidade do Ano (Sindicato dos Engenheiros de São Paulo); Prof. Emérito, Conferido pela Congregação do Instituto de Física de São Carlos 16 Set. 1999; Prêmio de Mérito Científico, na classe de Grã-Cruz, outorgado pelo Excelentíssimo senhor Presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, em 15 de agosto de 2002. Prof. Honorário do Instituto de Estudos Avançados da USP, desde 14 de agosto de 2003. Peão da Tecnologia, homenagem da Fealtec, pela criação dos grupos de pesquisas pioneiros que resultaram no Pólo de Alta Tecnologia de São Carlos (2003). Homenagem recebida no lançamento da Revista USP 70 Anos, em 18 de maio de 2006. Voto de Aplauso pelo prêmio de “Pesquisador Emérito do CNPq", pelo seu trabalho e pelo pioneirismo em favor da ciência brasileira, outorgado pelo Senado Federal, senador: Arthur Virgílio (Requerimento no. 473, de 2006), em 26 de abril de 2006. Fundação Conrado Wessel de Ciência e Cultura 2006, premiado na modalidade de Ciência Geral. Doutor "honoris causa" pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) (2012). Doutor "honoris causa" pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) (2013). Numero de citaçõesrecuperado na base de dados Web of Science é de 826 e o índice H é 16. Membro do Clinical Science Department- Cambrige Univ.-UK. (Fonte: Currículo Lattes)
 
A sombra da estátua em homenagem aos “Pioneiros da Física” refletida no prédio do Instituto de Física de São Carlos (IFSC)da Universidade de São Paulo demonstra a grandiosidade e a importância do Prof . Dr. Sergio Mascarenhas e da ProfaDra Yvonne Primerano Mascarenhas para a ciência brasileira e mundial. E assim podemos dizer: “Ficarás, Prof. Sergio Mascarenhas, imortalizado para sempre em nossas memórias pelas suas obras e realizações. Gratidão eterna ao nobre e Justo “ Guerreiro da Ciência”. Descanse em paz .
 
Fontes:Ms. Kleber Jorge Savio Chicrala – Coordenador de Jornalismo Científico do CEPOF – INCT – IFSC – USP,e Prof. Dr. Vanderlei Salvador Bagnato – Diretor do Instituto de Física de São Carlos(IFSC) – USP e Coordenador do CEPOF – INCT – IFSC – USP ,Wikipédia: a enciclopédia livre , revista pesquisa Fapesp e Biblioteca Virtual da FAPESP. 
 
OBS: No Canal 10 da Net São Carlos, dentro dos trabalhos de difusão científica e Jornalismo Científico do CEPOF – INCT - IFSC - USP estaremos reprisando aentrevista que realizei com o Prof. Dr. Sergio Mascarenhas, explica o especialista em Jornalismo CientíficoMs. Kleber J. S.Chicrala do CEPOF – INCT – IFSC – USP
 
kleberchi
Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias