segunda, 22 de julho de 2024
Artigo Rui Sintra

Estudar na Covilhã (Portugal)

14 Jun 2024 - 07h07Por (*) Rui Sintra
Estudar na Covilhã (Portugal) -

É certo que a fama da Universidade de Coimbra, em Portugal, ultrapassa fronteiras, mas ela não é a única “queridinha” de quem decide fazer um curso superior em Portugal. Localizada na cidade de Covilhã, a premiada Universidade da Beira Interior (UBI) é superinteressante para quem pensa em cursar uma graduação, mestrado ou até doutorado em terras portuguesas, com cursos nas mais diversas áreas - Engenharia, Ciências Sociais, Ciências Humanas, Artes, Ciências da Saúde, entre outras. É sempre bom lembrar que a documentação necessária para estudar em Portugal depende do tempo de duração de sua viagem. Estadias de até 90 dias, para cursos de menor duração, não exigem um visto específico, mas se a ideia é ficar até 1 ano, será necessário providenciar um visto temporário para estudo. Para temporadas que ultrapassam o período de 12 meses, por sua vez, será preciso solicitar o visto de residência para estudo. Ao falarmos sobre estudar em Covilhã, é natural chegar na parte das despesas. Em qualquer destino, o custo de vida é capaz de mudar de acordo com o consumo do morador, além de escolhas que envolvem tipo de habitação, preferências de alimentação e etc. No entanto, para calcularmos uma base, podemos considerar alguns valores práticos quando se trata da cidade de Covilhã. Uma certeza da cidade é que ela apresenta valores mais econômicos quando comparada a outros locais de Portugal, como Lisboa. Para despesas básicas, vale considerar uma média de 500 a 1000 euros mensais, por pessoa. Dependendo da região, é possível encontrar apartamentos de 1 quarto por preços entre 250 e 400 euros. Serviços de eletricidade, água e aquecimento, juntos, podem variar de 50 a 100 euros. A Covilhã é formada por 21 freguesias/bairros e cada localidade é capaz de agradar um perfil de estudante, seja pelo estilo ou orçamento. Para que você tenha uma ideia das áreas, selecionamos algumas das regiões mais procuradas quando o assunto é moradia. Coração da cidade, o centro de Covilhã é uma escolha popular para estudantes devido à sua proximidade com universidades, lojas, restaurantes e vida noturna. Tudo está a uma curta distância a pé, tornando-o conveniente para quem prioriza imersão na cultura local e facilidade de acesso. Ali também está a grande maioria dos pontos turísticos do destino, muitos deles históricos. Talvez o único aspecto “negativo” da região central seja o custo dos alugueis. Justamente pela posição privilegiada, os apartamentos tendem a apresentar valores mais elevados. Os arredores da Universidade da Beira Interior são atraentes para alunos da instituição, pois estão a curta distância do campus. Além disso, é uma área tranquila, perfeita para o estudo e cercada por espaços verdes — proporcionando ambiente agradável para a concentração. Nesse pedaço da cidade, ainda, é bem fácil encontrar residências estudantis e opções de apartamentos compartilhados. Então, fica aqui a dica para quem deseja fazer seu ensino superior na UBI, uma das mais consagradas instituições de ensino superior da Europa, na fantástica cidade de Covilhã. Vocês vão amar!

O autor é jornalista profissional/correspondente para a Europa pela GNS Press Association / EUCJ - European Chamber of Journalists/European News Agency) - MTB 66181/SP.

Esta coluna é uma peça de opinião e não necessariamente reflete a opinião do São Carlos Agora sobre o assunto.

Leia Também

Últimas Notícias