Menu
domingo, 17 de novembro de 2019
Qualidade de Vida

Acne

31 Out 2019 - 07h00Por (*) Paulo Rogério Gianlorenço
Acne -

Acne é uma doença de pele que ocorre quando as glândulas secretoras de óleo (glândulas sebáceas) tornam-se inflamadas ou infectadas, provocando cravos, espinhas, cistos, caroços e cicatrizes.

Muito frequente na fase da adolescência, sem deixar de ser comum também em adultos, principalmente em mulheres. Além do incômodo das lesões, como na adolescência a aparência é um fator importante, o comprometimento estético determinado por alterações da pele pode atingir o lado psicológico e tornar o adolescente inseguro, tímido, deprimido, infeliz, com rebaixamento da autoestima e com consequências sérias que podem persistir pelo resto da vida. 

A prevenção começa com higiene adequada da pele com um sabonete ou produto de limpeza indicado especialmente para pela acneica ou oleosa. A limpeza excessiva é prejudicial à pele como um todo (causando irritação) e pode piorar as lesões, também se deve evitar cosméticos que aumentem a oleosidade.

A Acne tem forte componente genético, e não se relaciona diretamente com alimentação. Apesar de vários tabus, não é necessária nenhuma dieta ou restrição alimentar para seu tratamento ou prevenção, a pele pode melhorar após a exposição ao sol, porém, essa melhora é apenas temporária e a exposição exagerada acarreta piora do quadro, pessoas com acne, como todos, devem se expor ao sol de maneira cuidadosa, racional e orientada.

Como posso me cuidar. Siga o tratamento prescrito por seu médico, não perca as consultas de acompanhamento com seu médico, sempre mantenha um registro dos tratamentos que você usou, e como eles funcionaram, há muitas alternativas para você e seu médico, então não desista!

Algumas orientações, lave o rosto 2 vezes por dia com um sabão suave, neutro, lave as mãos com freqüência, e evite tocar o seu rosto desnecessariamente, não esfregue a pele nem esprema as espinhas para que não surjam cicatrizes, não descanse o rosto nas mãos enquanto você lê, estuda, ou vê televisão, tente manter os cabelos longe da face, evite o sol, embora nenhum estudo tenha comprovado uma relação entre acne e alimentação, algumas pessoas têm notado que sua acne piora após a ingestão de certos tipos de alimentos.

Tente manter um registro de sua alimentação e observar se há algum tipo de comida que piora a sua acne, alimentos com alto índice glicêmico podem piorar a oleosidade da pele. Faça a barba com cuidado.

Geralmente no início aparecem os cravos fechados (que são os folículos obstruídos) e que geralmente passam a evoluir com cravos abertos (poros "entupidos" brancos ou pretos). Nessa fase em geral são indicados tratamentos com sabonetes especiais e quando necessário, com cremes aplicados na pele que contenham ácidos na concentração certa para diminuir a formação dos cravos ou eliminá-los

O quadro da acne do jovem costuma piorar também com a infecção dos folículos pilosos. Então, classicamente, dizemos que o paciente tem mesmo acne quando encontramos diversos estágios de feridas (desde os cravos até as com pus), quando já aparecem também as feridas vermelhas inflamadas e as com pus, dependendo do caso, além dos tratamentos anteriores e o uso de cremes mais fortes, pode-se prescrever tratamento com antibióticos como a azitromicina, limeciclina, tetraciclina.

Nos pacientes com quantidade muito grande de cravos inflamados, pus e cistos infectados, contamos com o tratamento da isotretinoína. Esses tratamentos podem ser muito diferentes nos casos de acne na mulher adulta e nos casos de reações semelhantes a acne (acneiformes) devido a uso inadequado ou escolha inadequada do veículo de um cosmético, protetor solar ou óleos.

Alguns cuidados básicos diários são importantes quando o paciente apresenta todas as fases da acne, para evitar o "alastramento" da infecção para outras regiões do rosto ou pele, contaminação por bactérias mais agressivas, formação de cicatrizes - lembrando que cicatriz não reverte, ela é permanente. Seguem algumas orientações: Não esprema as espinhas: isso só aumenta a contaminação da pele e pode causar mais cravos e espinhas, já que ao espremer nem todo o líquido dentro dela sai, uma parte pode se espalhar por dentro da pele e acabar contaminando mais folículos ou a pele ao redor, Tome o banho logo após os exercícios: o suor colabora para a proliferação das bactérias. O ideal é usar sabonetes adequados para peles oleosas e acneicas

Evite usar produtos oleosos no rosto como hidratantes e protetores solares oleosos só pioram o acúmulo de sebo.

O que o lugar da acne fala sobre sua saúde? A região em que a espinha aparece pode dar boas pistas sobre suas causas.

Espinhas no queixo, mandíbula e pescoço: especialistas contam que esses locais são associados a distúrbios hormonais nas mulheres, como a síndrome do ovário policístico, também podem aparecer em determinadas fases do ciclo menstrual, uma vez que ocorre a alteração hormonal comum do ciclo, no sexo masculino podem indicar desequilíbrios no hormônio testosterona.

Espinhas nas bochechas: Acne que acomete apenas as bochechas normalmente é de origem cosmética, em que os resíduos de maquiagem ou dos pincéis acumulam nos poros, obstruindo-os.

Espinhas na testa: As acnes na testa normalmente são reflexo da oleosidade dos cabelos que entram em contato com a pele, transmitindo a secreção sebácea.

Espinhas nas costas: As espinhas nas costas acontecem normalmente em pessoas que têm um grau de oleosidade maior, principalmente no sexo masculino, pode aparecer em ambos os sexos quando há alteração da produção do sebo. Uma das causas pode ser o uso de hormônios androgênicos, como uso de esteroides anabolizantes ou anticoncepcionais com baixas dosagens de estrogênios, o uso de condicionador pode aumentar as espinhas nas costas, pois seus componentes também podem obstruir os folículos pilosos.

Espinhas nos braços: Nos braços podem estar relacionadas a acne ocupacional causada pela exposição aos hidrocarbonetos clorados, aos derivados do alcatrão e a óleos de corte. Além disso, portadores de doença celíaca ou intolerantes ao glúten também podem apresentar lesões semelhantes à acne nos braços.

Espinhas no busto: Nas mulheres é conhecida como acne da mulher adulta, espinhas nesse local podem piorar no período pré-menstrual e tem relação com alterações hormonais.

Espinhas no bumbum: De acordo com o dermatologista Eduardo Drummond, as espinhas no bumbum podem estar relacionadas ao uso de anabolizantes.

A acne é um problema tratável e até mesmo suas cicatrizes e manchas podem ser amenizadas, por mais profundas que sejam. Acne tem controle, e quanto mais precoce o tratamento é iniciado, menos chances de desenvolver sequelas, ressalta a dermatologista Emily Alvernaz, quem apresenta pele oleosa com tendência acneica sempre terá que tratar a pele para prevenir o aparecimento de novas lesões.

Portanto, podemos sim dizer que é um problema com chances de cura.

O autor é graduado em Fisioterapia pela Universidade Paulista Crefito-3/243875-f Especialista em Fisioterapia Geriátrica pela Universidade de São Carlos e Ortopedia.

Esta coluna é uma peça de opinião e não necessariamente reflete a opinião do São Carlos Agora sobre o assunto.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias