Menu
terça, 19 de janeiro de 2021
Cidade

Funcionários da UFSCar protestam contra a derrubada de árvores para a ampliação do campus

11 Set 2013 - 17h25
Foto: Milton Rogério / SCA - Foto: Milton Rogério / SCA -

Cerca de 30 funcionários da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) realizaram nesta quarta-feira (11) uma manifestação contra a derrubada de árvores para a construção de um novo prédio no campus.

A expansão do Centro de Educação e Ciências Humanas, que tem o valor divulgado em uma placa no local de R$ 2,2 milhões tem causado revolta às pessoas.

"Trabalho na UFSCar, e para nossa surpresa e consternação, na segunda-feira ficamos sabendo que grande parte deste verde que fica na entrada sul do campus está prestes a acabar. Vão derrubar árvores para construir paredes", reclamou ela.

Hoje, os funcionários fizeram um protesto e de mãos dadas deram um abraço nas árvores que estão marcadas para serem retiradas do local. Além disso, expuseram cartazes contra a derrubada das arvores. Eles afirmam ainda que vão acionar o Ministério Público para tentar barrar a obra.

Uma servidora, que entrou em contato com a nossa reportagem, indaga que a madeira das árvores tem um alto custo e que, se retiradas, ela quer saber para onde vai o valor arrecadado com a venda. "Estamos de olho e queremos respostas. Falo em nome dos funcionários e alunos da UFSCar", indagou ela.

Em nota a imprensa, a assessoria da UFSCar informou que obteve autorização da Secretaria Municipal do Meio Ambiente para a retirada de algumas árvores, entre elas eucalipto e palmeiras. Para a compensação ambiental 180 mudas de espécies nativas serão destinadas para o plantio em área urbana. Eles explicaram ainda que as palmeiras que serão retiradas do local serão transferidas para outras áreas dentro do campus.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias