Menu
domingo, 07 de março de 2021
Cidade

Estado lança o Programa Paulista de Canto Coral em São Carlos

15 Abr 2016 - 19h30
0 - 0 -

Com as presenças do diretor das Oficinas Culturais do Estado, Raul Cristiano, do prefeito Paulo Altomani, da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade Amai-vos, Alice Altomani, do vice-prefeito, Cláudio Di Salvo e da diretora pedagógica da FESC, Rogéria Keppe Cardoso, foi lançado na última quinta-feira (14), na Oficina Cultural Sérgio Buarque de Holanda, o Programa Paulista de Canto Coral, que tem como objetivo difundir a música em formato de coral como agente transformador e socializador da sensibilidade musical por meio do canto em grupo. 

O programa, gratuito, é uma a parceria entre a Oficina Cultural Sérgio Buarque de Holanda, Prefeitura de São Carlos, Fundo Social de Solidariedade Amai-vos e Fundação Educacional São Carlos (FESC). O centro cultural pertence à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerenciado pela organização social POIESIS.

Para Alice Altomani, é importantíssimo apoiar esses programas. "Música é capaz de trazer muitos benefícios para o corpo e a mente. Além disso, a música diminui o estresse e reforça o sistema imunológico, reduzindo os sentimentos de ansiedade, solidão, e depressão, males que atingem a sociedade moderna", analisa a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade Amai-vos.

Para o prefeito Paulo Altomani essa é mais uma parceria importante com o Governo do Estado. "Sempre assinamos bons convênios com o Estado na área da saúde, obras ou cidadania e agora na área da cultura. Antes mesmo de encerrar as inscrições já sabemos que as vagas já estão quase preenchidas, com a possibilidade de abertura de mais uma turma", comentou Altomani, durante a assinatura do convênio.

"Socializar, progredir, humanizar e congregar têm sido o propósito do programa. Enquanto houver gente disposta a doar sua voz, treinar para cantar em coro e fazer muito amigos, nos estaremos juntos. Coral é mais que um grupo artístico, coral faz parte de movimentos culturais e educacionais", disse Raul Cristiano.

As atividades ocorrerão as segundas e às quartas-feiras, no auditório da FESC, localizado na rua São Sebastião, 2.828, na Vila Nery. Serão montadas duas turmas, sendo Turma A, com aulas das 15h às 17h; e Turma B, aulas das 19h às 21h.

Os interessados em participar do programa poderão se inscrever até o próximo dia 29 pelo site das  Oficinas Culturais, no link http://goo.gl/forms/UcvWZPFp11. Ao fazê-lo, deverá optar pelo horário de sua preferência. É necessário ter no mínimo 18 anos e não precisa ter experiência na área de canto.

O programa contará com a experiente regente Flávia Bombonato e o pianista assistente Murilo Barbosa. Os ensaios contemplarão exercícios de respiração, técnica vocal, expressão corporal e repertório.

 

REGENTE - Flávia Bombonato é formada em regência e canto lírico pelo Conservatório Dramático e Musical de Tatuí e graduada em piano pela UNAERP. Atualmente, é Diretora Artística e Regente Titular da Orquestra Filarmônica de São Carlos e Regente do Coro do Fórum de São Carlos.

 

PIANISTA - Murilo Barbosa é pianista, produtor e arranjador, com vasta experiência em grupos de música popular brasileira e jazz. Atua como pianista e diretor musical de diversas formações musicais, entre elas do Quarteto Descobertas (Londrina, PR) desde 2009.

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias