Menu
quarta, 20 de outubro de 2021
Cidade

CEME: 40% dos usuários do SUS que agendam consulta não comparecem

01 Ago 2019 - 18h28
CEME: 40% dos usuários do SUS que agendam consulta não comparecem - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O Centro Municipal de Especialidades (CEME) atende mensalmente mais de 10 mil usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em consultas com médicos especialistas e também com exames específicos, como ultrassom e eletrocardiograma. Atualmente oferece 23 especialidades médicas entre elas Alergologia, Cardiologia, Cirurgia Geral, Cirurgia Pediátrica, Cirurgia Plástica, Dermatologia, Endocrinologia, Endocrinologia Pediátrica, Fonoaudiologia, Gastroclínica, Hematologia, Nefrologia, Neurocirurgia, Neurologia, Nutrição, Oftalmologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Pneumologia, Psiquiatria, Reumatologia e Urologia.

Também possui os ambulatórios de Sexualidade e o PAVAS (Programa de Atendimento as Vítimas de Abuso Sexual), além de oferecer atendimentos de fonoaudiologia infantil, nutrição e assistência social.

Prestar um atendimento digno e com qualidade, acolher os pacientes e garantir resolutividade no cuidado são metas da equipe da Secretaria de Saúde, porém para isso é necessário também a colaboração da população que usa o serviço, uma vez que o absenteísmo é grande.

Em abril foram agendadas 9.415 consultas, com percentual de falta de 37,69%, ou seja, mais de 3.500 usuários não compareceram; em maio o número de faltas aumentou ainda mais, sendo que de 9.565 consultas marcadas, 41,16% dos pacientes não compareceram, totalizando 3.700 consultas em aberto. Em junho o percentual se manteve na casa de 37%, de 8.228 consultas agendadas, 37,34% não desmarcou, mas não compareceu.

 

MEDIDAS - Com a implantação da CROSS (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde) as filas de espera diminuíram já que o sistema tem um recurso denominado CDR (Cadastro de Demanda por Recurso), no qual o paciente é inserido na especialidade e como a Central está operando em todas as unidades, portanto quando o paciente está inserido por uma unidade e outra vai tentar inseri-lo novamente, o sistema não permite. Desta forma, não tem como o paciente ter duplicidade de agendamento na mesma especialidade e em outros ambulatórios. Com isso, quando todos os pacientes são inseridos que estavam aguardando agendamento com especialistas, muitos já estavam cadastrados no CDR e até mesmo, já estavam em tratamento em outras unidades, como AME e Hospital Universitário, portanto o tempo de espera por uma consulta diminuiu muito, mas as faltas continuaram e foi preciso a implantação de outras medidas.

“Fizemos todo um trabalho de reorganização. Uma forma de diminuir o absenteísmo foi não reagendarmos retornos com faltas injustificadas. Agora se o paciente faltar na consulta e não tiver avisado com antecedência, o usuário vai ter que fazer o fluxo novamente, retornando para a atenção básica. Também melhoramos a comunicação interna com treinamento das equipes do CEME. Hoje avisamos o paciente da consulta de retorno por telefone, ele não precisa vir aqui no CEME para retirar o agendamento. Além disso, enviamos um SMS uma semana antes da data do agendamento”, explica Lindiamara Talita Soares, supervisora do CEME, lembrando que além do Centro de Especialidades outras unidades de saúde vivenciam o mesmo problema.

Lindiamara, conta, ainda, que quando o paciente não atende as ligações, porém tem Whatsapp, a equipe envia mensagens de áudio e de texto, avisando sobre a consulta.

O secretário de Saúde lembra que a consulta com médico especialista não começa no Centro de Especialidades e sim na atenção básica. “O paciente que tiver algum sintoma deve procurar uma Unidade Básica de Saúde ou Unidade de Saúde da Família mais próxima da sua residência. O médico clínico geral fará a avaliação, solicitará exames e sendo necessário, encaminhará ao especialista. É a UBS que faz a marcação da primeira consulta através da CROSS. As pessoas não devem procurar o CEME sem antes ter passado por uma unidade básica”, ressalta Marcos Palermo.

 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias