Menu
quarta, 20 de outubro de 2021
Protesto popular

Carreata em São Carlos quer “salvar” a Lava Jato, prisão em 2ª instância e impeachment de Gilmar Mendes

05 Abr 2019 - 08h36Por Marcos Escrivani
Carreata em São Carlos quer “salvar” a Lava Jato, prisão em 2ª instância e impeachment de Gilmar Mendes - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O dia 7, domingo, em todo o Brasil será marcado por protestos populares e em São Carlos, o movimento Vem Pra Rua! organiza um

Manifesto previsto para acontecer às 10h com saída da Praça Itália. Será uma carreata com o intuito de salvar a Lava Jato, manter a prisão em 2ª instância e o impeachment de Gilmar Mendes.

As informações foram passadas pela terapeuta Tânia Andrade, 54 anos, uma das ativistas que organizou o protesto.

“O movimento foi idealizado com o propósito de o STF não mudar a regra da prisão em 2ª instância que será votada dia 10. Ela tem a finalidade de soltar o ex-presidente Lula. Mas ele teremos em torno de 169 mil presos de alta periculosidade na rua”, alertou Tânia.

Segundo ela, a data foi escolhida por fazer um ano da prisão de Lula. “Penso que ele gostará da nossa homenagem”, ironizou.

A terapeuta disse ainda que os integrantes estão ávidos pelo impeachment do ministro Gilmar Mendes, que está no senado e conta com mais de 20 assinaturas. “Esse processo não pode ser engavetado”, disse. “O judiciário precisa parar de legislar, soltar pessoas presas na lava jato. Enfim, retardar todo processo de apuração e condenação. Apoiamos totalmente o pacote anticrime do Ministro Sérgio Moro e políticos e advogados criminalistas resolveram declarar guerra ao pacote. Ele vai tramitar a partir do senado para ter urgência”, analisou.

Tânia disse ainda que a intenção do protesto é a apuração da Lava Toga, que está sendo feita na Câmara dos Deputados. “Não aceitamos pizza em vez de resultados. Não aguentamos mais o retrocesso e ver os políticos tentando ainda a política do toma lá dá cá”, alertou.

De acordo com Tânia, a carreata saída da Praça Itália, com percurso pela Avenida São Carlos, Avenida Trabalhador São-carlense, Avenida Bruno Ruggiero, Avenida Miguel Petroni, rua das torres e terminará na Praça Itália.

“Entendemos que todos estão cansados e tudo parece não ter jeito, mas tem. O único medo do político é o povo nas ruas”, finalizou.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias