Menu
segunda, 01 de março de 2021
Cidade

Audiência pública aborda falta de segurança nos trajetos à UFSCar e à USP

03 Jun 2016 - 08h49Por Redação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

A Câmara Municipal realizou nesta quarta-feira, 1, na sala das sessões do edifício Euclides da Cunha audiência pública para discutir a falta de segurança nos trajetos à Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e à Universidade de São Paulo (USP).

"A segurança pública não pode ser tratada apenas com medidas de vigilância e repressiva, mas como um sistema integrado e otimizado envolvendo instrumento de prevenção, coação, justiça, defesa dos direitos, saúde e social", argumentou o vereador Ronaldo Lopes (PT).

Ronaldo destacou a falta de comprometimento da prefeitura, que mesmo convidada não enviou nenhum representante, a falta de envolvimento da Secretaria de Educação, necessária para a conscientização da população, ainda com relação à prefeitura, foi ressaltada a necessidade de aumento da iluminação do entorno das universidades. Foi abordada também a participação no COMSEG dos DCEs da UFSCar e USP, e da população como um todo, pois é um órgão de participação entre a Comunidade e a Polícia, já existente e que não tem efetiva adesão da população.

Para o vereador, um fator importante para o aumento da segurança seria a implantação do funcionamento 24 horas da Delegacia de Defesa da Mulher, pois existe uma falta de preparo por parte da polícia no recebimento das denúncias, ficando proposto na audiência que as denúncias de tentativa de estupro/assédio sejam recebidas pela OAB. 

A audiência foi presidida pelo vereador Ronaldo Lopes, e também contou com a participação de Alexandre Wellington de Souza Comandante do Batalhão da Polícia Militar de São Carlos, Denise Gobbi Szakal delegada da Delegacia de Defesa da Mulher, Juliana Gomes e Makswell Alves Faria integrantes da Comissão de Moradia da UFSCar, Bia Carvalho diretora do DCE UFSCar, Rogério Fortunato Jr. prefeito do Campus da UFSCar, Janaina Basílio presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da OAB de São Carlos, Joel Amaro presidente do CONSEG e Tito José Bonagamba presidente do Conselho Gestor do Campus USP de São Carlos.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias