Menu
quarta, 03 de março de 2021
Cidade

Aprovada Moção de Repúdio contra discurso do deputado federal Jair Bolsonaro

22 Abr 2016 - 08h58Por Redação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

Foi aprovada em plenário, por unanimidade, nesta terça-feira, 19,  moção de repúdio, proposta pelo vereador Ronaldo Lopes (PT), ao discurso do deputado federal Jair Bolsonaro, durante a sessão para votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

O Regime Militar instaurado a 1 de abril de 1964 iniciou-se golpeando a Democracia sem nem mesmo esperar que se ausentasse do país o presidente legítimo João Goulart, em situação muito semelhante a que nos encontramos atualmente, a partir de então, os cidadãos passaram a ser cerceados sofrendo com a cassação de seus direitos políticos, inclusive havendo perseguição de intelectuais.

Pouco depois ocorreu a promulgação do AI 5 (Ato Institucional número 5), tornando legais a tortura como meio de confissões, a pena de morte e a prisão perpétua para crimes condenados sem julgamento devido.

A partir de então, o Esquadrão da Morte, liderado por indivíduos tais como Sérgio Paranhos Fleury, uniu suas táticas aos DOPS e DOICODs liderados por comandantes tais como Carlos Alberto Brilhante Ustra, os quais, entre suas práticas, submetiam presos a empalamentos, introdução de animais vivos em anus e vagina, estupros, ocultação de cadavares, dentre outros crimes já divulgados por entidades tais como a Comissão da Verdade e de dossiês como Brasil Nunca Mais.

Homenagear indivíduos com tal passado é realizar apologia à violência e infração aos direitos humanos e que a constituição brasileira prevê como crime o comportamento citado, e salientando que o deputado federal Jair Bolsonaro, filiado ao Partido Progressista, já incorreu em crimes de homofobia, racismo, misoginia e constantemente exerce comportamento agressivo e contrário ao previsto pela Instituição do Regime Democrático.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias