Menu
segunda, 24 de setembro de 2018
Região

Adolescentes quase matam comerciante por causa de refrigerante em Ibaté

Caso foi esclarecida pela Polícia Civil nesta semana.

04 Jul 2014 - 11h47
Wilton Gonçalves Garcia Filho, titular da delegacia de Ibaté. - Wilton Gonçalves Garcia Filho, titular da delegacia de Ibaté. -

A Polícia Civil de Ibaté esclareceu nesta semana uma tentativa de homicídio contra um comerciante de 56 anos no dia 9 de junho, na rua Porto Ferreira.

Segundo o investigador Adegas, que ajudou a esclarecer o caso, a vítima estava em seu bar, quando um dos envolvidos --um adolescente de 17 anos--apareceu e pediu um refrigerante.

O garoto foi servido pelo comerciante, mas deixou metade do refrigerante na garrafa e deixou o local. O dono do bar pensando que o adolescente não retornaria jogou o que restou.

Pouco tempo depois o menor retornou e perguntou sobre o refrigerante. Ao descobrir o que havia acontecido ele ameaçou o comerciante dizendo que retornaria para acertar as contas.

O garoto prometeu o que havia prometido e voltou acompanhado de um comparsa também de 17 anos.

Adegas: mais um crime esclarecido em Ibaté.Após exclamar "você duvidou que voltaria", o adolescente deu uma coronhada na cabeça da vítima e depois efetuou um disparo que acertou o ombro do comerciante.

Depois do crime a dupla deixou o local e o dono do bar foi encaminhado à Santa Casa de São Carlos, onde passou por exames e foi liberado.

Após um intenso trabalho de investigação a equipe policial de Ibaté identificou os autores da tentativa de homicídio. Os dois menores foram encontrados em casa no Jardim Cruzado, mas a garrucha usada por eles não foi localizada.

O delegado Wilton Gonçalves Garcia Filho relatou o caso à Justiça que determinou a custódia dos infratores na Fundação Casa de São Carlos.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias