Menu
segunda, 25 de outubro de 2021
Dicas

Toxina Botulínica: 6 benefícios que você precisa saber

Você sabia que a toxina botulínica, o famoso botox, é o procedimento estético não cirúrgico mais realizado no mundo? A médica dermatologista Dra. Juliana Toma, explica como funciona e os benefícios do procedimento!

08 Out 2021 - 13h47Por Divulgação
Imagem divulgação: Dra Juliana Toma - Médica Dermatologista - Imagem divulgação: Dra Juliana Toma - Médica Dermatologista -

Segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), o Brasil é o segundo país que mais utiliza a toxina botulínica, atrás apenas dos Estados Unidos. A cada ano o número de adeptos ao botox no país cresce, isso ocorre porque o público que procura o tratamento é bem amplo.

Normalmente, são mulheres e homens entre 35 a 50 anos que buscam no procedimento rejuvenescer a pele ou no caso dos mais novos, evitar a formação de rugas e sinais de expressão mais profundos.

Mas o motivo do botox ter se tornado um dos queridinhos não só dos famosos como também da população em geral fica por conta da praticidade e do ótimo custo-benefício do tratamento. A aplicação da toxina botulínica é um procedimento seguro, não invasivo, que apresenta raros efeitos colaterais, é um procedimento totalmente reversível e que alcança resultados excelentes. 

Entenda o que é a Toxina Botulínica

De acordo com a Dra Juliana Toma, que é Médica Dermatologista pela Universidade Federal de São Paulo (EPM), a toxina botulínica (botox) é uma neurotoxina, produzida pela bactéria Clostridium botulinum, ela age como um bloqueador neuromuscular, impedindo a contração de músculos, parcial ou totalmente.

“Ao paralisar a musculatura da face, o botox bloqueia determinados movimentos que dão origem às rugas de movimento, como vincos e sulcos, evitando a formação de rugas fixas”, explica a Dra. Juliana.

A médica dermatologista pontua que no caso de marcas já existentes, o procedimento ajuda a reduzir rugas de expressão e evitar as chamadas rugas estáticas (vincos na pele) que ficam evidentes mesmo sem nenhum movimento do rosto.

Atualmente, no Brasil existem sete formulações de Toxina Botulínica tipo A comercializadas e aprovadas pela Anvisa:  Botox, Xeomin, Prosigne, Dysport, Botulift, Botulim e Nabota.

Como funciona o tratamento com toxina botulínica?

“O tratamento é realizado em consultório e quase não provoca dor, no caso de pessoas muito sensíveis, pode ser aplicado um anestésico tópico 30 minutos antes do procedimento”, conta a Dra. Juliana.

A médica ressalta que a aplicação do botox é feita com agulhas minúsculas, muito finas e são injetadas pequenas quantidades do medicamento em músculos específicos. “O médico enfraquece apenas os músculos que produzem rugas preservando as expressões faciais naturais do paciente. O procedimento é rápido, dura cerca de 15 minutos e o número de injeções dependerá das características faciais e da extensão de rugas da pessoa”, completa a médica.

Os resultados tornam-se perceptíveis nos primeiros dias ou no máximo duas semanas após o procedimento, e duram cerca de 4 e 6 meses, isso dependerá da reação do organismo de cada um. Com o passar dos meses, a paralisia muscular vai diminuindo de maneira progressiva, normalmente após esse período é necessário programar uma nova aplicação para manutenção do tratamento.

O procedimento não é cirúrgico, mas deve ser realizado por um profissional, somente especialistas formados em harmonização facial, médicos, dermatologistas, biomédicos e dentistas podem fazer a aplicação do botox. O rosto possui 43 músculos e é vital que o profissional que esteja fazendo o procedimento faça a aplicação nos lugares corretos.

Benefícios da toxina botulínica que você precisa saber

A Dra. Juliana Toma, apontou alguns benefícios do botox que poucas pessoas conhecem. Veja abaixo!

1 – A toxina botulínica diminui a contração dos músculos da face, o que gera ótimos resultados no tratamento de rugas dinâmicas em áreas como sobrancelhas, testa, nariz e cantos dos olhos. No rosto, a utilização é eficaz também nas rugas periorais, localizadas ao redor da boca, no sorriso gengival, com a diminuição do tamanho das gengivas, nas rugas do mento e labiodentais, para a redução do canto dos lábios e a melhora da aparência do terço inferior da face (região que vai do nariz ao queixo). Gera grandes resultados quando aplicado também nos músculos do pescoço.

2 – Pode ser utilizado de maneira preventiva, para evitar a formação de marcas de expressão e também como complemento ou em combinação com outras técnicas estéticas para rejuvenescimento facial, como o laser ou preenchimento facial com ácido hialurônico.

3 – A toxina botulínica é absorvida pelo corpo após certo período, mas com a regularidade das aplicações a cada 5 - 6 meses, a intensidade de linhas muito profundas tende a diminuir, pois a pele não estará mais sendo contraída a todo instante.

4 – Melhora a aparência sem modificar as características individuais de cada pessoa, rejuvenescendo o rosto e consequentemente melhorando a autoestima do paciente.

5 – É um procedimento não cirúrgico, seguro e que não exige uma idade definida para o início do tratamento. Normalmente ele é indicado a partir dos 25 ou 30 anos (idade que surge as primeiras rugas no rosto) e não possui uma idade limite. Sendo apenas não indicado para gestantes, lactantes, pacientes com sensibilidade conhecida a toxina botulínica do tipo A ou crianças com menos de 2 anos.

6 – As aplicações de botox também são muito utilizadas em tratamentos e procedimentos odontológicos, como por exemplo o bruxismo, e também no tratamento de hiperidrose axilar e palmo plantar, que é o excesso de suor na axila, nas mãos e nas solas do pé.

Como você pôde perceber o tratamento com a toxina botulínica traz inúmeros benefícios, tanto na questão estética quanto na de qualidade de vida. Por esses e outros motivos, ele é considerado o procedimento estético número 1 pelos cirurgiões plásticos.

 

Leia Também

Últimas Notícias