Menu
segunda, 08 de março de 2021
Saúde

Rede particular notifica mais um caso suspeito do novo coronavírus em São Carlos

29 Fev 2020 - 16h26Por Redação São Carlos Agora
Esse é o segundo caso suspeito de coronavírus em São Carlos - Crédito: Imagem IlustrativaEsse é o segundo caso suspeito de coronavírus em São Carlos - Crédito: Imagem Ilustrativa
 
Na manhã deste sábado (29/02), a rede particular de saúde de São Carlos notificou a Vigilância Epidemiológica do atendimento de um caso suspeito para COVID-19. É um jovem de 23 anos que retornou há uma semana da França. Ele procurou atendimento nesta manhã com febre, dor de garganta e tosse e, por isso, foi feita a notificação. O paciente permanecerá em isolamento na própria residência. A coleta para exame já foi encaminhada hoje mesmo pela Prefeitura de São Carlos para o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo-SP.
 
De acordo com a supervisora da Vigilância Epidemiológica de São Carlos, Kátia Spiller, a equipe de saúde da Prefeitura já adotou todas as medidas estabelecidas pelo protocolo do Ministério da Saúde. "Não existe motivo para pânico. São Carlos possui duas grandes universidades, duas unidades da Embrapa, centros de pesquisas, institutos internacionais e empresas multinacionais, portanto muitas pessoas daqui viajam o ano todo para o exterior. Já esperávamos as notificações, tanto que realizamos dois dias de capacitação para orientar as redes pública e privada de saúde com relação ao protocolo do novo coronavírus", ressaltou a supervisora.
 
Durante a capacitação realizada na quinta-feira (27/02) e na sexta (28/02), no Centro Municipal de Especialidades (CEME), para profissionais da rede municipal e particular de saúde, foram repassadas orientações como a identificação de paciente com coronavírus, condutas a serem adotadas frente a um caso suspeito, coleta de exames, notificação compulsória, manejo e tratamento clínico, dentre outros informes epidemiológicos importantes para identificar precocemente a circulação do vírus. 
 
A diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Crislaine Mestre, avalia que o importante é que os profissionais das unidades de saúde, tanto das públicas como das privadas estão preparadas para realizar a assistência aos casos suspeitos e os comunicantes.
De acordo com o Secretário de Saúde de São Carlos, Marcos Palermo, já houve contato do município com o Ministério da Saúde para saber sobre a necessidade, envio e distribuição de insumos básicos de prevenção como máscaras cirúrgicas e álcool em gel. “Dependendo da resposta, analisaremos a possibilidade, caso seja realmente imprescindível, de uma compra em caráter emergencial para eventualmente atendermos a demanda. Mas, repito, isso ainda está sendo ‘calibrado’ de forma cautelosa. O importante, nesse momento, é que a população também aja dessa maneira: com cuidados pessoais básicos, caseiros e, sobretudo, sem pânico”.
 
Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado.  Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias. Os principais sintomas conhecidos até o momento são: febre, tosse e dificuldade para respirar.
 
Em humanos, o novo coronavírus pode ser transmitido pelas gotículas respiratórias, por tosse e espirros em curta distância, sendo também transmitido por objetos contaminados. O vírus pode se disseminar no ar, afetando principalmente pessoas com imunidade debilitada.
 
Para evitar contaminação, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão frequentemente, usar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e, logo após, jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.
 
Notificação Guarulhos - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa que a notificação registrada no município de Guarulhos e repassada diretamente ao Ministério da Saúde de um homem de 36 anos, que se enquadra nos critérios de definição de caso suspeito de COVID-19, já que o mesmo retornou recentemente da Itália e apresentou quadro de coriza e febre, foi confirmada.
 
A Vigilância já entrou em contato com a pessoa notificada como caso suspeito, que realmente mora em São Carlos. Ele disse que desembarcou no último dia 22 de fevereiro no Aeroporto de Guarulhos, vindo da Europa, e veio para São Carlos em veículo particular. No último dia 26 retornou a Guarulhos, onde trabalha, no dia seguinte procurou atendimento médico, data que foi realizada a notificação e a coleta para exame em Guarulhos. Ele apresenta melhora dos sintomas, porém, como tem um problema pulmonar crônico, ainda não está totalmente recuperado. Mesmo assim será monitorado pela equipe da Vigilância, além de seus familiares.
 

Como prevenir o novo coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias