Menu
terça, 28 de setembro de 2021
Saúde

Mulher afirma que filha foi medicada com soro vencido na UPA do Santa Felícia

Garota procurou unidade após apresentar episódios de vômitos

16 Ago 2021 - 16h24Por Redação São Carlos Agora
Foto mostra data de validade vencida em soro - Crédito: arquivo pessoalFoto mostra data de validade vencida em soro - Crédito: arquivo pessoal

A mãe da adolescente Hevillyn Bheatriz, 13 anos, entrou em contato com o portal de notícias São Carlos Agora para fazer uma reclamação sobre o atendimento oferecido pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Santa Felícia. Segundo ela, medicaram a garota com solução-glicofisiológica vencida. Este tipo de solução é indicada como repositora de água, calorias e eletrólitos, em caso de carência de sódio e como diluente para medicamentos.

Segundo a mulher, a filha passou mal e a levou até a UPA após apresentar vários episódios de vômitos.
Chegando no hospital ela recebeu um remédio e o soro. Ao reparar no frasco, a mãe percebeu que o medicamento estava vencido desde 11 de junho.

Ainda de acordo com a mãe, um enfermeiro da unidade teria relatado que todo medicamento tem que possuir uma data de validade, entretanto, a solução não apresentava estar estragada, sendo assim não teria problemas com o uso, inclusive a paciente não havia apresentado nenhuma alteração no quadro clínico após receber o medicamento de forma intravenosa.

A adolescente permaneceu internada em observação.

Nota da Prefeitura Municipal

De acordo com Fausto Rodrigo Sposito, diretor do Departamento de Gestão do Cuidado Hospitalar, será aberta uma sindicância para apurar os fatos, uma vez que todos os medicamentos e insumos passam pelo almoxarifado da Secretaria de Saúde, pelo farmacêutico da unidade e pela equipe de enfermagem. No caso do soro não ocorre nenhum comprometimento para o paciente, somente torna sem efeito, sendo necessário nova aplicação, o que ocorreu.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias