Menu
sábado, 15 de maio de 2021
Região

Justiça suspende cobrança de tarifa do pedágio de Itirapina

19 Jun 2012 - 10h25
0 - 0 -

A Justiça suspendeu, na última segunda-feira (18), a cobrança da tarifa do pedágio de Itirapina, na Rodovia Ayrton Senna.

A rodovia dá acesso ao Iate Clube de São Carlos e ao Balneário Santo Antonio, local usado para a prática de esportes náuticos. Acessa ainda o Clube Vila Pinhal, um condomínio de luxo que abriga a Pousada do Broa e o Aeródromo José Augusto de Arruda Botelho.

O pedido foi feito à Justiça pelo Ministério Público, que exigiu uma explicação, por parte da Prefeitura de Itirapina, sobre a tarifa cobrada no pedágio. Além disso, a Prefeitura deveria apresentar leis que comprovassem a finalidade da verba arrecadada.

Segundo as alegações da Prefeitura, o pedágio foi criado, baseado em uma lei municipal, para evitar que a estrada se tornasse uma "rota de fuga" de caminhoneiros, para desviar do pedágio da Rodovia Washington Luis. A Prefeitura informou ainda que os carros com placas de Itirapina não pagam a tarifa, reforçando a explicação e que a verba arrecadada era para a manutenção da rodovia.

A Justiça não aceitou as explicações e suspendeu a cobrança de R$ 1,20 para carros e R$ 2,80 para veículos de carga.

A receita anual do pedágio chega a R$ 700 mil e para não perder essa verba, a Prefeitura já estuda novas leis para que o pedágio volte a funcionar.

Reclamação

Em maio um leitor do São Carlos Agora e proprietário de imóvel em Itirapina, havia reclamado que passou por constrangimentos no pedágio e que foi obrigado a pagar a tarifa, que como morador, era isento de pagamento.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias