quinta, 18 de abril de 2024
Polêmica

Votação que concede título de "cidadão honorário" para Bolsonaro promete agitar sessão da câmara

12 Mar 2024 - 10h53Por Da redação
Jair Bolsonaro - Crédito:  Tânia Rêgo/Agência BrasilJair Bolsonaro - Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A sessão da câmara de vereadores desta terça-feira (12) promete ser agitada. Na pauta, está um projeto de decreto proposto pelo Vereador Moisés Lazarine (União) que concede o título de “Cidadão Honorário de São Carlos” ao ex-Presidente da República Capitão Jair Messias Bolsonaro.

O vereador Djalma Nery (PSOL) promete fazer pressão para que o projeto não seja aprovado pela casa, inclusive convocou a militância através das redes sociais. “A partir das 14h esperamos todo mundo na Câmara Municipal de São Carlos para dizer em alto e bom som que não aceitamos manchar a história de nossa cidade homenageando gente tão desqualificada, incompetente, insensível e canalha como estes três”, postou. O parlamentar também foi responsável por criar um abaixo-assinado contra a propositura. 

Hoje cedo a assessoria da Câmara Municipal divulgou um comunicado informando que somente serão distribuídas 50 senhas para o acesso a sala de sessões.

Confira na íntegra:

A Câmara Municipal de São Carlos comunica que em atenção ao Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (A. V. C. B.) emitido pelo Corpo de Bombeiros da PolÍcia Militar do Estado de São Paulo, referente às condições de segurança do Edifício Euclides da Cunha, sede do Poder Legislativo, serão distribuídas 50 senhas para o acesso à assistência na Sala das Sessões para acompanhamento presencial da sessão plenária a ser realizada neste dia 12 de março de 2024 (terça-feira).

A distribuição das senhas será feita por ordem de chegada a partir das 14h30.

O AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) é o certificado que atesta que a edificação possui todas as condições de segurança contra incêndio e pânico, previstas na legislação.

Leia Também

Últimas Notícias