quinta, 29 de fevereiro de 2024
Política

Violência contra a mulher é debatida durante sessão do Legislativo

08 Mar 2017 - 07h38Por Redação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

A Câmara Municipal recebeu no expediente da tribuna livre da sessão plenária desta terça-feira, 7, Jussari Oliveira, representante da organização social coletiva Nem Uma a Menos - São Carlos; e Letícia Sarpi, da Liga Interdisciplinar em Saúde da Mulher.

Jussari utilizou sua fala para oferecer elementos ao debate sobre a atual situação de violência contra a mulher. "Nós mulheres já alcançamos muito até aqui. Mesmo com nosso fortalecimento, ainda são alarmantes os casos de violência, agressão e estupro". De acordo com a representante, São Carlos está entre os 25% dos municípios mais violentos para a mulher no Brasil.

Ela afirmou que os vereadores têm a função de olhar para esses fatos e apontou a necessidade da criação e efetivação de um órgão específico para o desenvolvimento de políticas públicas para mulheres; da reativação do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher; da melhoria do atendimento do Centro de Referência da Mulher e da Casa Abrigo; e de realocar a Delegacia da Mulher para local acessível.

MULHER

Jussari também informou que, neste sábado, 11, às 9h na Praça São Benedito, haverá um ato unificado do Dia Internacional da Mulher, pela vida das mulheres, pelos direitos das trabalhadoras, contra a violência e desigualdade de gênero.

A representante da Liga Interdisciplinar em Saúde da Mulher, Letícia, falou sobre a falta de infraestrutura para o atendimento à mulher vítima de violência sexual, apontando inclusive a necessidade da realização desse atendimento de forma mais humanizada e em rede, com a Delegacia da Mulher e a Santa Casa.

Ela também afirmou que há relatos da população de dificuldade no acesso aos métodos contraceptivos na rede pública e também cobrou do poder público melhorias na assistência à gestante e no acompanhamento pré-natal.

Leia Também

Últimas Notícias