Menu
sexta, 03 de julho de 2020
Estado

Presídios de SP recebem 2,7 milhões de máscaras de proteção

Além de insumos adquiridos pela Secretaria da Administração Penitenciária, também há outros provenientes de doações

26 Jun 2020 - 16h59Por Da Assessoria de Imprensa
Presídios de SP recebem 2,7 milhões de máscaras de proteção - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) já distribuiu, de março até o momento, 2.744.620, entre materiais descartáveis e reutilizáveis nas 176 unidades prisionais do Estado para reeducandos e servidores.

Desse total, 400 mil máscaras descartáveis foram adquiridas pela SAP e 100 mil recebidas do Governo do Estado. E as outras 1,5 milhões de máscaras foram recebidas dos Ministérios da Justiça e Segurança Pública e da Saúde, por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

A iniciativa “Todos pela Saúde”, formada pelo Instituto Ação Pela Paz e outras instituições, por sua vez, doou outras 852.600 máscaras reutilizáveis ao sistema prisional do estado.

Além disso, o trabalho de distribuição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) tem sido contínuo pela pasta visando à proteção contra a Covid-19. Até o momento, foram entregues cerca de 5,5 milhões de luvas descartáveis, 4 mil óculos de proteção, 10 mil toucas cirúrgicas, 540 protetores faciais tipo face shield, 153.830 aventais descartáveis.

Neste período, a pasta também adquiriu e distribuiu, 74,4 mil litros de álcool em gel para higienização e 14 mil frascos de 440g do mesmo, além de outros itens como sabonete líquido, álcool 70% líquido, detergente, hipoclorito de sódio, que continuam sendo obtidos e distribuídos pela Secretaria.

Nos estabelecimentos penais subordinados a Coordenadoria das Unidades Prisionais da Região Central (CRC) foram distribuídas mais de 500 mil máscaras aos sentenciados e funcionários. Dentre elas, 300 mil foram distribuídas pelo Depen e mais de 160 mil fornecidas pelo Banco Itaú. 

Produção nas penitenciárias

Os reeducandos de várias regiões do estado também vêm contribuindo para o esforço de produção de EPIs para proteção contra a doença graças à parceria entre a SAP e a Fundação “Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel” (FUNAP). De 25 de março deste ano até o momento, já foram produzidas 4,2 milhões de máscaras, além de 10 mil protetores faciais de acrílico, 25 mil aventais e 7 mil toucas. Os itens são vendidos a preço de custo prioritariamente às forças de segurança e equipes de saúde do Estado. Os recursos auferidos são utilizados para remunerar os reeducandos com ¾ salário mínimo, conforme determina a legislação, além de adquirir mais insumos para a produção.

 
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias