Menu
sábado, 16 de janeiro de 2021
Cidade

UFSCar abre edital para a contratação de preceptores para o curso de Medicina

Termo aditivo entre Universidade e Prefeitura foi assinado na última quarta-feira (22).

23 Mai 2013 - 17h42
Adilson de Oliveira, vice-reitor da UFSCar. (Foto: Tiago da Mata / SCA) - Adilson de Oliveira, vice-reitor da UFSCar. (Foto: Tiago da Mata / SCA) -

Na tarde desta quinta-feira (23) a reitoria da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) anunciou a abertura do edital para a contratação de preceptores para o curso de Medicina. O termo aditivo que viabiliza a contratação foi assinado ontem (22) entre a Universidade e a Prefeitura.

O vice-reitor da UFSCar, Adilson de Oliveira, afirmou que houve um grande atraso na assinatura do convênio e por parte da própria Prefeitura em entender o que é a necessidade da preceptoria. "Infelizmente devido a um problema talvez de compreensão da Prefeitura em entender a  importância do trabalho dos nossos estudantes juntos com os médicos da rede pública, acabou ocasionando todo esse atraso, o que levou a essa paralisação dos nossos estudantes, que já completou mais de dois meses", afirmou Oliveira.

Ele explicou ainda que desde o final do ano passado vinha tentando conversar com a nova administração municipal para solucionar o impasse, porém apenas no dia 5 de maio conseguiu firmar o acordo. "Tinha uma dificuldade da Prefeitura em ceder algumas horas para que os médicos atuassem como preceptores. Isso nós acordamos no começo do mês e segundo havia sido informado na época, seria resolvido rapidamente, mas infelizmente atrasou até agora final do mês. Mas estamos contentes, pois finalmente agora foi vencido este passo e nesse momento podemos contratar esses médicos preceptores e os alunos voltarem a ter suas aulas".

Cruzes colocadas pelos alunos ainda estão em frente ao prédio da reitoria. (Foto: Tiago da Mata / SCA)De acordo com o vice-reitor, o edital para a contratação de 36 preceptores, que irão atuar com alunos do 3º e 4º ano, deve ser lançado ainda hoje, o mais tardar amanhã. O contrato com os médicos é valido até o final do ano. "Essa contratação é feita pela Universidade e é pago o equivalente a uma bolsa para os médicos atuarem como preceptores, isso é um custo que é pago pelo Ministério da Educação, justamente como a Universidade tem o curso de medicina e não tem um Hospital Universitário viabilizado, vem uma verba especial para pagarmos esses preceptores. O custo é algo entorno de R$ 1.100 para cada preceptor que atende em torno de 4h por semana".

Quanto ao final da greve, Oliveira acredita que deve ocorrer nos próximos 15 dias. "O que nós temos conversado com os estudantes é que eles vão voltar às aulas quando tiverem a quantidade mínima de preceptores para que eles possam atuar. Esse edital tem um certo tempo para ficar aberto, tem toda a burocracia em cima disso, porém, creio que nos próximos 15 dias poderemos ter esse número mínimo já viabilizado e os alunos retornaram às aulas".

Ele informou ainda que já está sendo viabilizado um calendário para que os alunos façam a reposição das aula e das atividades dentro e fora da Universidade. "Agora, os alunos decidindo o final do movimento, estaremos elaborando o calendário de reposição das atividades", finalizou Adilson de Oliveira, vice-reitor da UFSCar.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias