Menu
sábado, 24 de outubro de 2020
Cidade

Trabalho do Departamento de Defesa e Controle Animal incentivou a adoção de 223 animais em 2009

18 Jan 2010 - 20h11Por Redação São Carlos Agora
O Departamento de Defesa e Controle Animal da Prefeitura, vinculado à Secretaria Municipal de Serviços Públicos, é exemplo em todo o país pelo trabalho de valorização à vida do animal e pela conscientização da sociedade sobre os conceitos de posse responsável. O departamento é responsável pela coordenação das unidades públicas que envolvem animais, tendo como subordinadas as unidades do Canil, Gatil, Posto Zootécnico e Parque Ecológico Municipal.

Hoje o Canil Municipal abriga cerca de 190 cães, que foram recolhidos nas ruas da cidade por abandono, muitas vezes doentes, atropelados e debilitados, e, após receberem tratamento dos profissionais, são liberados para doação. No Gatil são cerca de 170 felinos, que vivem livremente, castrados e bem alimentados.

Em 2009, graças ao trabalho de incentivo à doação, 223 animais encontraram um novo lar – 141 cães e 82 gatos. O departamento também propicia aos animais da população em geral um atendimento médico-veterinário ambulatorial gratuito, buscando ajudar aqueles que não têm condições de pagar por este atendimento. Foram realizados 1.935 atendimentos, ajudando na melhoria de vida e nas condições de saúde de muitos destes animais.

Apesar desses serviços, a cidade ainda apresenta casos preocupantes, motivados por pessoas que não respeitam a vida de outros seres e acabam por propiciar números inaceitáveis em uma chamada sociedade racional. Foram recolhidos mais de 600 animais, vítimas de abandonos, maus-tratos ou por estarem em desacordo com as legislações vigentes.

De acordo com diretor do Departamento de Defesa e Controle Animal, Jilverson Moraes, foram recebidas mais de 1.600 denúncias fiscalizadas, algumas procedentes, como os casos dos cachorros “Negão” e “Charles”, que foram espancados, das aves apreendidas por falta de alimentação, da égua abandonada em estágio avançado de debilitação, entre outros maus-tratos e falta de respeito.

“O departamento buscou conscientizar a população sobre as leis na área de proteção aos animais, orientando os munícipes e vistoriando passeios públicos como o Parque Linear, o Parque do Kartódromo e a praça da XV de Novembro, tentando conscientizar os proprietários a recolher os dejetos de animais quando em passeio e a obrigatoriedade do uso de focinheira em animais bravos. Atuou coibindo o comércio informal ou não regularizado de animais e esteve presente na Campanha Anual de Vacinação Anti-rábica, coordenada pela Divisão de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde”, ressalta Jilverson.

Em 2010 novas ações serão realizadas, como a inauguração do novo ambulatório municipal e a retomada de programas como o “CastraCão e Gato” e o “Carroceiros do Futuro”.

“Com o novo ambulatório, o departamento pretende melhorar a qualidade do serviço prestado à população, as condições de trabalho dos funcionários e principalmente propiciar aos animais atendimentos um ambiente mais seguro e agradável. O importante é a mobilização sobre as necessidades de se respeitar os animais e propiciar a todos uma vida digna. Esperamos continuar contando com o apoio de todos, desde os servidores envolvidos no departamento, que ajudam a transformar o município em exemplo das parcerias com as entidades de proteção aos animais, e dos munícipes que acreditam em nosso trabalho e estão sempre presente, seja levando seu animal para uma consulta ou mesmo denunciando algo que ele acredita ser prejudicial à vida de algum animal”, explica o diretor.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias