sexta, 01 de março de 2024
Cidade

Trabalhadores da Tecumseh aprovam PLR e fecham acordo para assistir a Copa

09 Jun 2010 - 19h42Por Redação São Carlos Agora

Em uma assembléia histórica, com a presença de aproximadamente 3.000 pessoas, os trabalhadores da Tecumseh do Brasil  Ltda., aprovaram, em assembleia realizada nesta quarta-feira (9 de junho) na Planta II, a proposta da empresa para o pagamento da PLR (Participação nos Lucros e Resultados).

Caso o trabalhador não registre falta injustificada e a empresa atinja as metas estabelecidas na proposta, receberá um valor de R$ 1.200. Para os metalúrgicos da Tecumseh nesta situação, a primeira parcela será de R$ 607,00, pois as metas do primeiro semestre já foram atingidas.

A proposta de PLR foi construída em mais de dez reuniões do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté com a direção da Tecumseh. O pagamento da primeira parcela será feito no dia 20 de julho de 2010. A segunda parcela será paga no dia 20 de janeiro de 2011. “A decisão foi dos trabalhadores e nós estamos na entidade sindical para atender o que o metalúrgico desejar. Este é o nosso papel”, afirmou o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Rosalino de Jesus de Barros. O diretor do sindicato, Sérgio Ricardo Favorin “Pézão”, ressaltou que na proposta original as datas previam pagamentos em agosto e fevereiro. “Diante disso, procuramos a direção da companhia e apresentamos a nova reivindicação e, depois de extensão negociação, as novas datas foram definidas, beneficiando cerca de 3.500 trabalhadores”, comentou ele.

O dirigente nacional da CGTB (Central Geral dos Trabalhadores do Brasil), Mauro Bianco, esteve na assembleia e afirmou aos trabalhadores que o momento é de todos os metalúrgicos continuarem firmes na luta. “Com o apoio deste sindicato, que é de luta, temos certeza de que os trabalhadores de São Carlos repetirão a vitória na negociação salarial deste ano”, enfatizou ele.

TRABALHADORES VÃO VER BRASIL NA COPA – Atendendo a vários pedidos de trabalhadores, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Rosalino de Jesus de Barros, colocou novamente em votação a proposta de compensação de horas para os jogos da Seleção Brasileira da Copa do Mundo da África do Sul. Cerca de 95% dos metalúrgicos votaram a favor da compensação. Assim, todos os trabalhadores poderão assistir a todos os jogos do Mundial da África, atendendo ao sistema de compensação que consta da proposta apresentada pela empresa ao sindicato e que havia sido rejeitada na última segunda-feira, 7 de junho. Como parte da compensação, a empresa funcionará em dois sábados – dias 12 e 19 de junho.

Leia Também

Últimas Notícias