Menu
terça, 20 de abril de 2021
Em São Carlos

Técnicos começam trabalho de implantação de sistemas integrados em novembro

28 Out 2018 - 09h29Por Redação
Técnicos começam trabalho de implantação de sistemas integrados em novembro - Crédito: Gisele Rosso Crédito: Gisele Rosso

O foco do quarto e último módulo teórico da capacitação continuada em integração lavoura-pecuária (ILP) e integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) é planejamento, financiamento e avaliação econômica dos sistemas. Até sexta-feira, 26, 22 técnicos e profissionais da extensão rural de vários estados brasileiros participaram do treinamento na Embrapa Pecuária Sudeste, em São Carlos.

A partir de novembro inicia-se uma nova fase do programa. Os participantes vão trabalhar na implantação de sistemas integrados.

Para o coordenador Hélio Omote, o compromisso mais importante desses profissionais é a instalação das Unidades de Referência Tecnológica (URT), fazendas destinadas à validação, demonstração e transferência de tecnologias onde serão reproduzidos modelos de integração. Para isso eles vão contar com apoio de uma equipe da Embrapa, que irá acompanhar e monitorar todo o processo.

Concluídos os módulos teóricos, o programa passa a contar com visitas e orientações práticas nos locais onde as unidades de referência tecnológicas estão sendo implantadas. Além das visitas, estão previstos dias de campos nessas propriedades.

O veterinário Ricardo dos Santos da Silva, da CATI de Catanduva (SP), que participou da capacitação, já começou a implantação do sistema em uma propriedade na cidade de Arealva. Além dessa URT, Ricardo pretende auxiliar outros produtores atendidos para adoção da ILPF. “A ideia é agregar tecnologias e outras culturas sem alterar o sistema produtivo. O pecuarista não precisa parar de produzir leite. Mas vai ampliar a produção com a implantação de árvores, por exemplo, e de uma cultura anual”, explica. Ou seja, é possível aumentar a renda, integrando atividades agrícolas, pecuárias e florestais na mesma área.

A capacitação teve início em abril deste ano e vai até março de 2020. O objetivo é transferir tecnologias e aumentar a área de adoção de sistemas integrados no país.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias