Menu
domingo, 27 de setembro de 2020
Ajudar no tratamento

Tavinho, Sophia e Duda convidam população para um show de prêmios solidário

12 Nov 2018 - 08h06Por Marcos Escrivani
Tavinho, Sophia e Duda convidam população para um show de prêmios solidário -

Os pequenos Tavinho (9 meses), Sophia e Duda, crianças que possuem problemas de saúde, convidam a toda população de São Carlos para um show de prêmios muito especial que irá acontecer no dia 17 de novembro, a partir das 19h, no salão de festas da Igreja Santa Isabel, na Vila Isabel.

Muitos prêmios valiosos estarão sendo sorteados e o dinheiro arrecadado será revertido para as três crianças. O intuito é ajudar no tratamento dos pequenos.

Durante o show de prêmios haverá ainda um serviço completo de bar, música ao vivo e a venda de pasteis durante todo o evento solidário.

CASO A CASO

Quando o Tavinho nasceu, ele se esforçava muito para respirar. Sua mãe levou no posto de saúde e a médica dizia que era normal um recém-nascido respirar daquele jeito. Mas como era o seu quarto filho e ela nunca havia visto um bebe respirar tão cansado. Após um mês, Tavinho adquiriu uma bronquiolite. Os pais o levaram ao Hospital Escola e lá permaneceu internado com duas semanas. Após três dias teve uma crise horrível e chegou a ficar roxo por falta de ar.

Após nova consulta, foi descoberto que ele tinha Atelectasia (o pulmão direito dele era colado) e ainda contraiu o vírus da bronquiolite sincicial.

Ficou internado por 32 dias fazendo uso de oxigênio para respirar e usou uma máscara para inflar o pulmão. Só não ficou na UTI porque não havia vaga, mas a equipe do HU improvisou uma mini UTI em seu quarto.

Tavinho se tornou um bebê asmático, considerado “bebê chiador”. Faz uso de bombinha (algumas são fornecidas pela Farmácia Popular) e outra no valor de R$ 150 tem que sair do bolso da família. O pequeno necessita fazer tratamento com um medicamento que se chama Montelucaste que também não é barato e faz uso do leite Neocat que custa em torno de R$ 180 a lata.

A mãe deu entrada na Farmácia Alto Custo e esperou quase dois meses. Ligaram e ela necessita ir buscar um documento.

Sophia tem intolerância a lactose e alergia a proteína do leite e quando a pequena fica internada, os médicos dizem que ela gastrointerite aguda.

Duda faz tratamento no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto há 1 ano e meio, onde passa por algumas especificações como gastro, imuno, alergologista e nutricionista

É alérgica a proteína do leite de vaca e a soja e tem 2 anos e 7 meses.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias