Menu
segunda, 12 de abril de 2021
Cidade

Secretaria pretende economizar R$ 7 milhões com educação no próximo ano em São Carlos

24 Out 2017 - 19h05
Secretaria pretende economizar R$ 7 milhões com educação no próximo ano em São Carlos -

A edição do Diário Oficial do Município desta terça-feira (24) traz duas portarias da Secretaria Municipal de Educação que organizam o atendimento da educação para o ano letivo de 2018. Com as portarias, números 768 e 769, os professores efetivos iniciam o ano nas salas de aulas regulares.

A iniciativa atende a um apontamento do Tribunal de Contas do Estado. "O Tribunal de Contas nos apresentou uma demanda sobre o papel desempenhado pelos professores efetivos e temporários. Para atender essa demanda, a equipe da Secretaria desenvolveu um estudo e estamos propondo a reorganização a partir do próximo ano. Isso não significa precarização, não significa demissão, não significa diminuição de salário e nem perda dos direitos garantidos. Mas com a reorganização, vamos ter uma economia de aproximadamente R$ 7 milhões, com aproveitamento de todo nosso capital humano. Esses recursos serão revertidos em melhorias pedagógicas, em reformas, por exemplo", explicou o secretário de Educação, Nino Mengati.

Para a secretária de Administração e Gestão de Pessoal, Helena Antunes, a reorganização da educação traz benefícios não só econômicos. "O importante dessa reorganização é que os recursos humanos existentes na Prefeitura serão bem utilizados, sem a diminuição de qualidade ou de qualquer outro tipo de situação. Essa reorganização é algo que nós já estamos solicitando há algum tempo. Além da economia, é uma otimização dos recursos sem perda de qualidade", afirmou.

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias