Menu
domingo, 07 de março de 2021
Cidade

Ronda escolar e combate ao tráfico serão prioridades da Guarda Municipal

18 Jan 2017 - 07h44
Foto: Marcos Escrivani - Foto: Marcos Escrivani -

Estruturar a segurança pública, investir na Guarda Municipal, na Defesa Civil, na inteligência, incrementar políticas públicas voltadas para a proteção social e trabalhar lado a lado com as polícias Militar e Civil e Corpo de Bombeiros, além de retornar as rondas escolares para auxiliar o combate ao tráfico de drogas.

Estas são as prioridades do prefeito Airton Garcia (PSB). A informação foi passada pelo diretor do Departamento de Segurança e Coordenação Político-Institucional e futuro secretário municipal de Segurança Pública, Samir Antonio Gardini, 50 anos.

A criação da nova secretaria acontecerá ainda no primeiro semestre, após a reestruturação prevista pelo chefe do Executivo.

Antes de assumir pela primeira vez um cargo municipal, Samir foi policial militar por 31 anos. Atuou soldado, cabo, aspirante a oficial, 2º e 1º tenentes, capitão, major e se aposentou como tenente-coronel.

"Por este período atuei nas ruas, no combate a criminalidade. Hoje, tenho a possibilidade de trabalhar com recursos e condições técnicas. Terei a oportunidade de investir de forma real em segurança pública", explicou.

"MÃO NA MASSA"

Samir Gardini recebeu a reportagem do São Carlos Agora no quarto andar do Paço Municipal na tarde desta terça-feira, 17. Com respostas claras e objetivas, forneceu informações daquilo que a Administração Municipal pretende realizar no sentido de fazer com que São Carlos seja mais segura para a população trabalhadora e honesta.

"A curto prazo pretendemos realizar operações conjuntas com as corporações que zelam pela segurança e bem estar da população. Mas também investir na Guarda Municipal e na Defesa Civil", esclareceu.

Dentre as prioridades, a primeira entrará em vigor em fevereiro, com a implantação das rondas escolares nas escolas municipais. "Queremos combater o tráfico e dar toda segurança aos alunos. Portanto, na entrada e saída dos estudantes nas escolas municipais, terá uma viatura da GM para dar segurança aos alunos e aos pais", garantiu. "Quanto às escolas estaduais, se houver condições, estaremos agindo, mas em parceria com a Polícia Militar".

Samir disse ainda que a GM estará atuando em parceria com a 1ª Cia da Polícia Militar e com a Secretaria de Habitação em 'blitz' pela cidade. "O intuito é realizar ações e inibir ações ilícitas em estabelecimentos comerciais em São Carlos.

SEGURANÇA PÚBLICA

Sempre destacando que a Prefeitura Municipal irá ser parceira das corporações que combatem a criminalidade, Samir informou que a Guarda Municipal irá 'atacar' focos de criminalidade com a inserção de tecnologias para inibir ações de ladrões e pessoas suspeitas.

"Vamos trabalhar forte para buscar verbas públicas voltadas a projetos que combatam os crimes. Nos próximos quatro anos queremos tornar São Carlos uma cidade segura. São trabalhos a curto/médio/longo prazos", disse. "Além das operações conjuntas, vamos criar um Centro de Inteligência e Monitoramente Integrado e agregar tecnologia. Trabalhar em conjunto com as secretarias de Habitação, Trânsito, Segurança e Meio Ambiente e trabalhar de forma otimizada", destacou Samir.

Uma das propostas é retomar o trabalho com as câmeras de segurança nos mais diversos pontos de São Carlos. "Serão aparelhos OCR, que detecta inclusive quando os veículos que trafegam na cidade são produtos de furto ou roubo e transmitem a informação instantânea a PM que designa a viatura mais próxima. Estas mesmas câmeras irão flagrar ações delituosas e pessoas suspeitas. Vamos tentar 'blindar' São Carlos", afirmou Samir.

CANIL

Hoje, a Guarda Municipal possui um canil com seis cachorros treinados para auxiliar no combate ao tráfico e a criminalidade. Samir informou que serão feitos investimentos e buscar parceiros. "Hoje temos cinco cães. Um deles treinado para farejar entorpecentes. Outros serão ensinados. Mas iremos buscar recursos para termos mais cachorros para aumentar ainda mais o patrulhamento em São Carlos. A meta nos quatro anos é não dar sossego aos criminosos e traficantes", finalizou Gardini.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias