Menu
terça, 22 de junho de 2021
Cidade

Reunião acerta detalhes para implantar medicamentos fitoterápicos na rede de saúde

19 Jun 2015 - 20h52
0 - 0 -

Dando sequencia ao cumprimento da Lei Nº 15.826/11 de autoria do vereador José Luis Rabello (Zé do Mato), que visa disponibilizar medicamentos fitoterápicos nas unidades básicas e de saúde da família, o prefeito Paulo Altomani e o secretário Municipal de Saúde, Marcus Petrilli, receberam na tarde desta sexta-feira (19), no Paço Municipal, a visita de assessores parlamentares do vereador, que apresentaram voluntários da Organização não Governamental Ciclo de São Francisco, que irão ajudar na capacitação dos profissionais da rede.

Inicialmente o projeto experimental será realizado em algumas Unidades Básicas de Saúde. “Hoje damos mais um passo com a disponibilidade dos voluntários, para que possamos realizar a capacitação dos profissionais da rede, para que eles possam se interar sobre essa lei que autoriza a prática das terapias naturais dentro da Política Municipal de Saúde. Somente os fitoterápicos regulamentados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) serão disponibilizados na rede”, explicou Marcos Petrilli, secretário municipal de Saúde.

No encontro foi tratado um cronograma de capacitação e implantação, com previsão para que nos mês de agosto, algumas unidades de saúde já disponibilizem o serviço. “Há 12 anos trabalhamos com práticas integrativas e complementares na cidade. Temos uma equipe de profissionais com formação na área, nossa intenção é colaborar com o município e com a Secretaria de Saúde, para que este trabalho cresça e seja implantado na cidade como um todo”, disse o fundador da Ong, Adilson Sanches Marques.

Para o prefeito Paulo Altomani, a sabedoria popular somada às plantas é uma grande arma contra as doenças. “Esses medicamentos naturais sempre foram utilizados, acompanho isso em minha família desde a infância. Todos sabem que eles provocam menos efeitos colaterais do que os alopáticos. Os remédios à base de plantas são feitos de substâncias naturais, portanto agem mais suavemente. Além disso, em muitos casos o custo é menor que os alopáticos. Acreditamos que com isso vamos tornar o atendimento nas nossas unidades mais humanizado. Só tenho que parabenizar o vereador Zé do Mato, por proporcionar tudo isso”.

Em nome do vereador, a assessora parlamentar Maria do Socorro Nunes Penha, agradeceu a realização de um sonho e o direito da população em contar com a lei sancionada em 15 de setembro de 2011, porém ainda não implantada na rede municipal de saúde. “É uma benção receber o apoio do Prefeito neste projeto, que junto com o secretário de saúde abraçou a causa. A fitoterapia é uma opção de tratamento que tem que esta disponível na rede. A população tem o direto de escolher que tipo de tratamento quer seguir”, concluiu a assessora.

Também participaram da reunião, a chefe de gabinete da secretaria Municipal de Saúde, Luciana Caldeira, a fisioterapeuta e terapeuta ocupacional, Vanessa Mendes Horevicht e os assessores parlamentares, Lilian Ribeiro e Brasílio Ferreira.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias