Menu
quinta, 05 de agosto de 2021
Cidade

Prefeitura se reúne com moradores da antiga Vila dos Ferroviários

30 Set 2011 - 11h13
0 - 0 -

O prefeito Oswaldo Barba se reuniu com os moradores da antiga Vila dos Ferroviários, a Coloninha da FEPASA, para discutir sobre a situação do local. A reunião aconteceu no auditório do Paço Municipal na tarde da última terça-feira (27).

Acompanhado pela diretora presidente da Fundação Pró-Memória, Ana Lúcia Cerávolo, pelos secretários Rosoé Donato (Planejamento e Gestão), Rose Mendes (Cidadania e Assistência Social), Alberto Engelbrecht (Habitação), pelo presidente da PROHAB, João Muller e pelo Procurador Geral do Município, Marcelo Gomes Grilo, o prefeito fez questão de tranquilizar os moradores sobre a situação atual e esclarecer todas as dúvidas.

Para a reunião foram convidados os moradores ferroviários e alguns descendentes que ainda ocupam o local.

Antigamente, aquela área, localizada na Av. Morumbi próximo ao bairro Jardim Cruzeiro Sul e dotada de aproximadamente 60 mil m², era sede da subestação de energia elétrica da Companhia Paulista que passou à FEPASA a partir da década de 70. Em 1990 a área passou para a Rede Ferroviária Federal e, recentemente, todo o patrimônio imóvel ferroviário foi incorporado pela Superintendência do Patrimônio da União.

Há 10 anos a Prefeitura de São Carlos e a Fundação Pró-Memória trabalham para obter a cessão dessa área. O objetivo é cuidar e preservar o local. Com a conquista obtida este ano, a Prefeitura recebeu a cessão por uso de 100 anos.

A Prefeitura de São Carlos estava negociando a área com a União e somente em 2011 foi efetuada a cessão de uso por 100 anos, que permitirá à administração municipal fazer investimentos e intervir nos graves problemas sociais existentes no local.

"Nós lutamos para obter a cessão dessa área para que pudéssemos cuidar de vocês. Estamos com um projeto de revitalizar toda aquela região e valorizá-la ainda mais, oferecendo, acima de tudo, condições de moradia para todos", destaca Barba.

Ainda durante a reunião, o presidente da PROHAB lembrou que os moradores de baixa renda que desejam ter sua casa própria devem se inscrever em programas habitacionais, tendo em vista que não poderão receber a propriedade de imóveis da União. "Nos programas habitacionais que estão sendo feitos pela Prefeitura, como o Zavaglia e o Parque Novo Mundo, algumas casas são reservadas para moradores de área de risco e não legalizadas sem precisar de sorteio", diz Muller.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias