sexta, 01 de março de 2024
Cidade

Prefeitura realiza 58 mil m² de tapa-buracos em 5 meses

18 Jun 2010 - 19h27Por Redação São Carlos Agora

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, continua com a ação de tapa-buraco nas vias públicas da cidade e nas estradas municipais pavimentadas. Nos cinco primeiros meses deste ano, a Prefeitura fechou 39,5mil buracos, que totalizaram uma área de 58 mil metros quadrados (m²), o que equivale aproximadamente a nove campos de futebol do tamanho do estádio Luis Augusto de Oliveira (Luisão).

Segundo o secretário de Serviços Públicos, Nivaldo Sígoli, por determinação do prefeito Oswaldo Barba os trabalhos foram intensificados. “Aprimoramos as técnicas de tapa-buracos e melhoramos o modo de executar os serviços, o que proporcionou maior agilidade na operação e, principalmente, economia financeira do município”, declara.
Atualmente, as equipes conseguem atender as solicitações para reparos no pavimento com maior agilidade e rapidez. “A operação tapa-buracos encontra-se numa situação de equilíbrio”, comemora Sígoli.

Os buracos não deixam de surgir nos pavimentos e isso se deve a diversos fatores, tais como a falta de conservação adequada, ausências de galeria de águas pluviais, vida útil já ultrapassada, onde o asfaltamento foi feito de modo inadequado e, principalmente, o aumento do número de veículos que transitam pelas ruas da cidade.

Para isso, as equipes de operação de tapa-buraco estão trabalhando para chegar no período de chuvas em melhor situação do que o ano passado. Esta é uma ação que é combinada com o processo de recapeamento e que está sob a coordenação da Secretaria Municipal de Obras. “Certamente daremos um salto de qualidade nas condições de trafegabilidade em nossas vias públicas”, afirma Sígoli.

A Prefeitura também está utilizando o processo de “tratamento superficial”, conhecido como recuperação da capa fina e que foi realizado em várias ruas de São Carlos. “Este processo é um tipo de recapeamento para os pavimentos que perderam a capa de acabamento, que é aquela que dá o conforto no rodar dos veículos. Quando ela está danificada dá a sensação aspereza e provoca barulho e desconforto aos usuários”, declara o secretário.
 
Este serviço foi executado em vias de Santa Eudóxia, rua XV de novembro e  Travessa da rua Cristóvão Martinelli; Na Vila Marigo, na rua Rotary Club; no Jardim Santa Helena, na rua Eliza Lopes de Mello; no Jardim São João Batista, rua Mariano Garcia Carrasco. Este processo foi aplicado numa área de aproximadamente 6,5 mil m².

Leia Também

Últimas Notícias