domingo, 25 de fevereiro de 2024
Cidade

Prefeitura pretende remover árvores com risco de queda

08 Out 2010 - 19h04

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Serviços Públicos e após avaliação técnica da Coordenadoria do Meio Ambiente, vai eliminar duas árvores que apresentam risco de queda no bairro Redenção. As árvores estão em um canteiro da rua Sebastião José Alexandre na praça da mesma rua.

Na última quinta-feira (7), ventos de aproximadamente 50 km/h derrubaram uma árvore e deixaram cerca de 2 mil casas sem energia elétrica por duas horas. As Sibipirunas estão infestadas por cupins, uma delas, inclusive, já está seca. A Coordenadoria de Meio Ambiente esteve na tarde de sexta-feira (8), no bairro, realizando vistorias. "A árvore está com 40% do tronco comprometido. Vamos eliminá-la como forma de prevenção de futuros incidentes", disse a engenheira florestal Ana Paula Castral.

O secretário de Serviços Públicos, Nivaldo Sigoli, acompanhou a inspeção. Ele explicou que as fortes chuvas que caíram sobre a cidade na última semana comprometeram algumas árvores. "São mais de 20 árvores que apresentaram problemas em função das chuvas e dos ventos e a Secretaria age como forma preventiva, para evitar quedas que possam causar danos físicos e materiais", comentou.

Nivaldo afirmou que existe uma inspeção rotineira em árvores de grande porte, que já resultou em alguns cortes, principalmente em praças como a Elias Salles (Santa Cruz) e na Igreja São Benedito, que ofereciam risco à população. "Até 2011 esperamos concluir um levantamento sobre as condições das árvores em São Carlos", concluiu.

Temor - Ana Paula assinalou que a Prefeitura não tem medido esforços para reduzir o déficit de árvores na área urbana de São Carlos, que apresenta 60 mil exemplares, mas seriam necessários 100 mil. "Pedimos que as pessoas não tenham medo de plantar árvores em frente das suas casas. Nossos técnicos orientam sobre o plantio e indicam as espécies adequadas para cada local. Precisamos melhorar a qualidade do ar na área urbana e contribuir para reduzir os impactos ambientais", ressaltou Ana Paula.

 

Leia Também

Últimas Notícias