Menu
sábado, 16 de janeiro de 2021
Cidade

Prefeitura e UFSCAR realizam palestra com especialista argentina em saúde mental

10 Nov 2011 - 11h41
0 - 0 -

Uma parceria entre a Prefeitura, via Secretaria Municipal de Saúde, e a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), via Incubadora de Cooperativa Popular (INCOOP), realizou nesta quarta-feira (9), no auditório Bento Prado do Paço Municipal, a palestra "Conversando Sobre a Rede de Saúde Mental: Relato de Experiência", com a palestrante Elva Maria Sendra, enfermeira especialista em Saúde Mental pela Facultad de Medicina de La Universidad Nacional Del Nordeste Corrientes, na Argentina e instrutora da Residência Interdisciplinar de Saúde Mental do Hospital Julio Perrando.

Direcionada a profissionais da área de saúde, usuários e a população em geral a palestra reuniu também o secretário municipal de Saúde, Marcus Vinicius Bizarro, a professora/enfermeira especialista em Saúde mental da UFSCar, Carmem Lucia Filizola e a coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial em Saúde Mental, Iolanda Barbério.

Os parceiros desenvolvem projetos de parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, com o CAPS, o Recriart e com a Rede o Projeto Territorial nos bairros Jardim Gonzaga e Monte Carlos desde 2006.

A INCOOP tem como prática a troca de experiências com outros países e a palestra teve como meta a troca de experiências que possam subsidiar o processo de construção do atendimento e a integração das políticas de  Saúde Mental do Município.

Em seu relato a palestrante Elva Sendra explicou que na Argentina estima-se a existência de cerca de 25 mil pessoas em Centros Hospitalares (66.7% no público e 33,3% no privado). Em média, mais de 80% dessas pessoas permanecem internadas por mais de 1 ano e muitos para a vida. Entre 60 e 90% são geralmente referidos  como "pacientes sociais", porque permanecem institucionalizadas em hospitais psiquiátricos por causa da pobreza ou falta de moradia social. O estudo aponta ainda que 21% da população acima de 15 anos tem alguma forma de distúrbio mental sendo o alcoolismo o principal problema, seguido de depressão maior, ambos com 54%.

CAPS Saúde Mental em São Carlos
Em São Carlos, desde 2002 o CAPS Saúde Mental (rua Floriano Peixoto n.º 216) tem 8.607 usuários cadastrados. O atendimento dos pacientes é qualificado, feito por equipe multidisciplinar de saúde (psiquiatras, enfermeiras, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, psicólogos, auxiliares de enfermagem e agentes administrativos) e conta ainda com apoio de estagiários da UFSCar (terapia ocupacional, psicologia, enfermagem, imagem e som), da Unicep (psicologiae enfermagem) e da Unicastelo (psicologia), além do apoio de técnicos de enfermagem do Centro Paula Souza e SENAC. Atualmente o CAPS Saúde Mental atende mensalmente cerca de 420 pacientes entre atendimentos médico, hospitalidade/dia e acolhimentos.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias