quinta, 18 de abril de 2024
Ferramentas e ciência

Palestra na USP São Carlos mostra como a inteligência artificial pode contribuir com a saúde pública

Professor Alexandre Delbem explicará como a ciência de dados pode impactar positivamente o bem estar da população

01 Abr 2024 - 09h13Por Denise Casatti
“Gerar modelos confiáveis e integrá-los para obter um conhecimento mais amplo sobre a saúde populacional têm sido um grande desafio”, revela Delbem - Crédito: Divulgação“Gerar modelos confiáveis e integrá-los para obter um conhecimento mais amplo sobre a saúde populacional têm sido um grande desafio”, revela Delbem - Crédito: Divulgação

Qual o real potencial de impacto das ferramentas de inteligência artificial e da ciência de dados na promoção da saúde da população brasileira? Responder a essa questão é o objetivo de um evento gratuito e aberto à população que ocorrerá na próxima quarta-feira, 3, a partir das 14h, no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos. Se você não puder acompanhar presencialmente, poderá assistir ao evento online, bastando se inscrever neste formulário para receber o link de acesso à transmissão: https://icmc.usp.br/e/a8574.

“Os impactos positivos que a área de inteligência artificial pode provocar na saúde pública da população brasileira dependem, essencialmente, da disponibilidade de dados”, explica o professor Alexandre Delbem, que falará durante o evento. Ele exemplifica: a área da saúde dispõe de imagens geradas por equipamentos de alta resolução que podem ajudar a construir modelos capazes de auxiliar na prevenção, no diagnóstico e no tratamento de diversas doenças. “Mas a área apresenta uma diversidade de cenários: temos desde dados estruturados obtidos por experimentos controlados e equipamentos até casos em que não existem dados estruturados, os quais precisam de digitalização”, adiciona o pesquisador, que faz parte do Centro de Inteligência Artificial C4AI.

Durante o evento, o professor mostrará como os pesquisadores da área de inteligência artificial têm desenvolvido abordagens para lidar com essa diversidade de cenários. “Gerar modelos confiáveis e integrá-los para obter um conhecimento mais amplo sobre a saúde populacional têm sido um grande desafio”, revela Delbem. Segundo ele, nas pesquisas mais recentes, a busca é por desenvolver modelos interpretáveis que consigam equilibrar efetividade e custo, e que possam ser construídos a partir de diversas modalidades de dados.

Aberta a todos os interessados, o evento acontecerá no auditório Fernão Stella de Rodrigues Germano do ICMC, no bloco 6, no centro de São Carlos. Para acompanhar presencialmente, não é preciso se inscrever antecipadamente. Apenas quem desejar assistir ao evento online é que deve preencher este formulário para receber o link de acesso à transmissão: https://icmc.usp.br/e/a8574.

A iniciativa marca a estreia de um ciclo de atividades de extensão organizado pelos alunos da disciplina Informação Profissional em Ciência de Dados, ministrada pelo professor Luís Gustavo Nonato. Os estudantes são responsáveis por realizar a ação, recepcionar e dialogar com o público, que poderá avaliar a iniciativa no final do evento. A proposta é, a partir das avaliações coletadas, aprimorar as próximas atividades a serem oferecidas à população, de forma a atender aos interesses da comunidade são-carlense que deseja conhecer mais sobre um campo que está em plena expansão, a ciência de dados.

Leia Também

Últimas Notícias