quinta, 29 de fevereiro de 2024
Combate à enchentes

Obra de canalização do córrego do Mineirinho deve ser finalizada até o final do mês, diz prefeitura

10 Fev 2024 - 09h13Por Da redação
Obra de canalização do córrego do Mineirinho deve ser finalizada até o final do mês, diz prefeitura - Crédito: divulgação Crédito: divulgação

As obras de canalização do córrego do Mineirinho, interligando as águas na chegada do córrego Monjolinho, na Rotatória do Cristo, devem estar concluídas até o final de fevereiro. 

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras Púbicas neste momento está sendo concluído o muro ala, e na sequência será feito o aterro da galeria de canalização e a recomposição das guias, bocas de lobo e pavimentação asfáltica do trecho onde houve a intervenção, para liberação do fluxo total do tráfego pela via. 

Importante obra de combate às enchentes, essa interligação está sendo feita com uma galeria de 36 metros de comprimento, 4 metros de largura por 3 metros de altura, ampliando uma vazão de 3 metros quadrados para 12 metros quadrados de água neste local.

A obra está sendo realizada pela empresa Verde Bianco Engenharia de São Paulo com custo de R$ 1,8 milhão, sendo R$ 1,05 do Governo do Estado e R$ 750 mil de recursos próprios da Prefeitura. Antes da canalização foi executado pelo SAAE a alteração do traçado do emissário de esgoto dessa região.

No dia 27 de janeiro a Prefeitura de São Carlos liberou o tráfego de veículos na Avenida Francisco Pereira Lopes, a partir da Rua Dra. Fabiana Porto Morasco, em direção à Avenida Parque Faber, trecho que estava interditado em função das obras. A liberação foi acordada com o Ministério Público e a Associação de Moradores do Planalto Paraiso e o trecho recebeu colocação de BGS (britagem em base para pavimentação) e recolocação de semáforo.
“A obra está em fase avançada, a parte da galeria já está concluída, sendo executado neste momento o chamado muro ala, no entanto com as fortes chuvas que atingiram São Carlos nos últimos dias tivemos um pequeno atraso, mas nosso objetivo é concluir o muro ala e na sequência fazer a recomposição das guias, das bocas de lobo e fazer a pavimentação asfáltica. Se não tivermos chuvas com grande intensidade a obra deve ser concluída ainda no mês de fevereiro”, anunciou o secretário municipal de Obras Públicas, João Muller.

Vale lembrar que no conjunto de obras contra as enchentes na região da Rotatória do Cristo, a Prefeitura já realizou também a ampliação da ponte no Recreio dos Bandeirantes sobre o Córrego Monjolinho a jusante da linha férrea, outro investimento de R$ 2,3 milhões. A ponte antiga possuía 11 metros de comprimento por 6 metros de largura e passou a ter 22 metros de cumprimento por 11,50 metros de largura.
Ponte metálica sobre o Monjolinho: A empresa Rumo também está fazendo a ampliação da vazão do Monjolinho, obra estimada em R$ 80 milhões e coube a Prefeitura fazer a canalização interligando o Mineirinho ao Monjolinho.

A Secretaria de Obras informa, ainda, que neste momento já foi concluído o cravamento de 100 estacas com profundidade de 32 metros e que a obra realizada pela Rumo está na fase de construção dos blocos de concreto que estão alicerçados nas estacas para dar sustentação a ponte metálica que vai receber os trilhos do trem.

“A estimativa de entrega da obra da Rumo é para o mês de julho e a informação é de que no mês de abril a Rumo deverá implantar a ponte metálica e iniciar a retirada do solo do entorno com abertura ampliada para a vazão das águas pluviais, um avanço nas obras de combate às enchentes na região da Rotatória do Cristo”, finalizou Muller.

Da assessoria de imprensa

Leia Também

Últimas Notícias