Menu
quarta, 03 de março de 2021
Expedição voluntária

Missão são-carlense cumpre terceiro dia no Barco Hospital Papa Francisco

06 Mar 2020 - 06h59Por Marcos Escrivani
Com o sol nascente, comunidades chegam para serem atendidas no Barco Hospital - Crédito: DivulgaçãoCom o sol nascente, comunidades chegam para serem atendidas no Barco Hospital - Crédito: Divulgação

As comunidades ribeirinhas de Castanhal Grande, Pedral, Boca do jacaré e Centro do Jacaré, na calha norte do Rio Amazonas foram atendidas nesta quinta-feira, 5,  pela missão são-carlense que atende voluntariamente no Barco Hospital Papa Francisco.

Em depoimento de alguns profissionais que atendem as famílias carentes foram aproximadamente 12 horas ininterruptas de amor ao próximo em uma jornada definida como “extenuante, mas gratificante”.

Os dentistas José Luiz Lopes Sanchez e Yeda Vieira; além dos médicos Laura Tavares (reumatologista), Marcos Aurélio Ogando (reumatologista e intensivista), Walter Konig (cirurgia pediátrica), Allan R. de Morais (gastrocirurgião), Luiz Alfredo Gonçalves Menegazzo (radiologia e diagnósticos por imagem), José Carlos Bonjorno Jr. (anestesista e intensivista) e Margarida Prado (oftalmologia) cumpriram mais um dia de voluntariado.

“Foi um dia bacana”, garantiu o gastrocirurgião Allan Morais. “Começamos logo às 7h e encerramos o expediente às 19h50. Foram onze cirurgias de pequeno e médio porte, sendo três pediátricas. Foi muito proveitoso”, assegurou.

A oftalmo Margarida Prado definiu a quinta como “incrível” ao ver a procura médica por parte de comunidades extremamente carentes. “Foi um dia de muitos exames. Alguns graves, mas graças a Deus todos contornáveis”.

Já o odontólogo José Luiz Sanchez disse que as 12h foram bem atribuladas. “Não teve nem tempo para fotos. Foram aproximadamente 25 atendimentos. Mas isso é muito bom. Me sinto realizado por poder cumprir a jornada desta maneira.

Luiz Menegazzo que é responsável pela radiologia e diagnósticos por imagem disse que sua jornada foi produtiva ao atender 65 pacientes que fizeram ultrassom, outras 18 mamografias, além de 30 Raios X variados. “Começamos às 7h45 e encerramos às 19h. Mas é gratificante poder estar aqui e ajudar pessoas carentes e que necessitam de conforto e carinho”, finalizou.

A expedição são-carlense deverá percorrer uma extensão marítima de 500 quilômetros da calha norte do Rio Amazonas e terminará segunda-feira, 9 de março.

Nesta sexta-feira, 6, terceiro dia, serão atendidas as comunidades de Barreirinha, Cajual, Ipixuna, Poção e Araçá; dia 7, Centro Comercial, Boa Esperança, Santana e Vila Barbosa; dia 8, São Pedro, Espírito Santos e Vira Volta; por fim, dia 9, Rio da Ilha, Ourives, Costa da Madalena e Costa do Iranduba.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias