Menu
sábado, 24 de outubro de 2020
Cidade

Metalúrgicos da VW terão reajuste de 6,53% e abono de R$ 1.500,00

14 Set 2009 - 16h38Por Redação São Carlos Agora
Os trabalhadores da fábrica de motores da Volkswagen de São Carlos aprovaram, em assembléia, no último domingo, a proposta do sindicato patronal de 6,53% de aumento salarial mais um abono de R$ 1.500,00 que será pago no dia 25 de setembro. Este reajuste será concedido para os salários de até R$ 7 mil. Para os vencimentos acima deste valor, o aumento será de R$ 457,10.

O piso salarial passará dos atuais R$ 1.250, 00 para R$1.275,00. O reajuste proposto de 6,53% contempla 4,44% referente ao INPC acumulado entre primeiro de setembro de 2008 e a 31 de agosto de 2009, além de 2% de aumento real.

A negociação entre Sinfavea (Sindicato Nacional das Indústrias de Veículos Automotores das Montadoras) e a bancada formada pela CGTB, Força Sindical e CUT envolveu as montadoras  VW, Ford, Scania, Toyota, GM e Mercedes Bens, que têm unidades produtivas em cidades como São Carlos, São Bernardo do Campo, Taubaté, São Caetano do Sul e Tatuí.

A proposta apresentada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos também incluiu a renovação das cláusulas sociais por dois anos, podendo ser prorrogadas por mais um ano, através de protocolo de entendimento comum entre as partes a partir de primeiro de setembro de 2011.

O presidente do sindicato, Rosalino de Jesus de Barros, participou de toda a negociação entre o Sinfavea e a bancada dos trabalhadores. A reunião que fechou o acordo começou às 16h de sexta-feira, 11 de setembro e terminou às 4h30 do sábado, 12 de setembro. Rosalino esteve na mesa de negociações juntamente com os diretores do sindicato e funcionários da Volks, Reginaldo Fernando Redondaro e Erick Pereira da Silva. Analisando os resultados, ele ressaltou que o acordo foi uma grande conquista dos trabalhadores. “Dentro da realidade atual, foi um excelente acordo”, comentou ele.

Outros benefícios – O adicional noturno em São Carlos, conforme o acordo coletivo, é pago com o valor de 30% sobre a hora normal, sendo que nas demais montadoras, paga-se o que diz a legislação, ou seja, 25%.

O presidente Rosalino destaca o auxílio creche que agora existirá até a criança completar 36 meses de vida. A garantia de emprego à gestante até seis meses após o parto, a garantia ao trabalhador afastado por auxílio doença, o repouso remunerado de 30 dias à mulher em caso de aborto e o mandato de até três anos para os cipeiros, segundo o sindicalista, são algumas das muitas conquistas previstas em 80 cláusulas sociais importantes para os trabalhadores da categoria.

Demais empresas – Nas demais empresas metalúrgicas de São Carlos com data-base em primeiro de novembro, as negociações começarão nos próximos dias. A pauta de reivindicações inclui reposição do INPC, aumento real de salário, renovação das cláusulas sociais e jornada de 40h.

AS PRINCIPAIS CONQUISTAS

•    Reposição do INPC de 4,44%
•    Aumento real de 2%
•    Piso salarial de R$ 1.275,00
•    Abono de R$ 1.500 a ser pago em 25 de setembro
•    Renovação das cláusulas sociais por dois anos podendo chegar a três
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias