quinta, 22 de fevereiro de 2024
Cidade

Merenda é tema de encontro com diretores de escolas de São Carlos

13 Ago 2010 - 09h10Por Redação São Carlos Agora

Na tarde desta quinta-feira (12), a Prefeitura de São Carlos, via Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, promoveu uma reunião com diretores das 116 escolas municipais e estaduais de São Carlos. O evento foi realizado no auditório Bento Prado Júnior do Paço Municipal e contou com a presença das secretárias municipais Regina Bortolotti (Agricultura) e Lourdes Moraes (Educação).

De acordo com a secretária Regina Bortolotti, o principal objetivo da reunião foi apresentar o programa de Segurança Alimentar que está sendo realizado nas escolas e também demonstrar o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento na merenda escolar. “Nossa meta é demonstrar a relação existente entre a Secretaria de Agricultura e a área de educação. Nós assinamos um convênio com o governo estadual e somos responsáveis pela merenda nas escolas estaduais também. No total, nós distribuímos alimentos para a merenda em 116 escolas, que totalizam 45.373 alunos em São Carlos”, explicou.

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Agricultura, é responsável pela aquisição dos alimentos que são oferecidos na merenda escolar, pela inspeção da qualidade destes alimentos durante a entrega feita pelos fornecedores, pela elaboração do cardápio das unidades (que são diferenciados de acordo com as necessidades nutricionais de cada faixa etária e de acordo com o período de permanência dos alunos na escola) e pela distribuição dos alimentos até as escolas.

No total são produzidas 61.400 refeições por dia, que são preparadas por 300 merendeiras nestas 116 escolas.

Segurança Alimentar – A chefe de divisão de Segurança Alimentar, Ana Paula Fagion, explicou aos diretores das escolas sobre o programa de Segurança Alimentar que está sendo desenvolvido. Este trabalho é coordenado por nutricionistas que visitam as cozinhas das unidades escolares para avaliar diferentes fatores, como o armazenamento dos alimentos, a manipulação destes alimentos, a execução dos cardápios de 2010, a aceitabilidade destes cardápios e os equipamentos de proteção individual utilizados pelas merendeiras. Além disso, as nutricionistas elaboraram um questionário padronizado para saber quais são as principais dificuldades enfrentadas pelas merendeiras que são as responsáveis pela execução dos cardápios propostos pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento.

Leia Também

Últimas Notícias