Menu
quinta, 17 de junho de 2021
Cidade

Leitora reclama de descaso da Prefeitura em relação a Dengue

17 Abr 2015 - 16h42
Fotos dos mosquistos da dengue mortos pela leitora. (foto Divulgação). - Fotos dos mosquistos da dengue mortos pela leitora. (foto Divulgação). -

A leitora Leticia Pereira entrou em contato com a nossa redação para compartilhar o descaso da Prefeitura Municipal em relação ao problema da dengue em seu bairro.

Segundo ela, no começo de março encontrou e matou vários mosquitos da dengue, em sua casa, no bairro Vila Prado e por isso entrou em contato com a Vigilância Epidemiológica pedindo ações no bairro. Ela foi informada que seu endereço já tinha sido anotado e que entraria no cronograma do "cata treco" e da nebulização.

Ao perceber que nenhuma ação havia sido tomada por parte da Prefeitura Municipal, Letícia postou fotos dos mosquitos mortos e 20 dias depois entrou em contato com a ouvidoria do gabinete do Prefeito Paulo Altomani (PSDB) e o responsável André Ribeiro informou que encaminharia um oficio para a chegada da Divisão da Vigilância Epidemiológica, Marcia Pallone, pedindo ações.

De acordo com Letícia, no mesmo dia o responsável pela ouvidoria informou que o bairro Vila Prado estava no cronograma e que a operação seria realizada no dia 28 de março, porém até o momento o serviço ainda não foi realizado.

Ao ser questionado novamente, o ouvidor disse que entraria em contato de novo com a chefe de divisão para que uma providência fosse tomada, porém até o momento nada foi feito.

"Já completou dois meses do dia em que fiz a primeira solicitação e nada foi feito, vizinhos e amigos já ficaram com Dengue e hoje, meu sobrinho de apenas três anos foi diagnosticado com Dengue. Ele está com o corpo todo vermelho, febre muito alta e estamos precisando carregar ele no colo para todo lugar porque ele não aguenta andar de dor nas pernas.Se em adultos a doença já é difícil de ser tratada, imagina em uma criança de apenas três anos de idade", questionou a leitora que pede uma resposta por parte dos órgãos públicos, em especial da chefe de Divisão da Vigilância Epidemiológica.

 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias