Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Cidade

Lâmpadas queimadas deixam vários pontos da cidade às escuras

12 Dez 2018 - 15h40Por Fábio Rabello
Lâmpadas queimadas deixam vários pontos da cidade às escuras - Crédito: Fábio Rabello Crédito: Fábio Rabello

Um cometa verde está se aproximando da Terra e, para vê-lo a olho nu agora em dezembro, os astrônomos recomendam fugir da iluminação urbana. Quem tem se deslocado durante à noite pelas ruas de São Carlos bem poderia imaginar que a cidade está se preparando para receber o cometa. Mas não. A Capital da Tecnologia não está às escuras pela causa da ciência.

Pelo menos foi o que constatou a equipe do São Carlos Agora ao trafegar pelas principais vias da região central e pelos principais bairros da cidade, onde o número de postes sem iluminação ou danificados chamou a atenção.

Na Rua Rui Barbosa, por exemplo, entre as ruas 15 de Novembro e 28 de Setembro, a iluminação pública está reduzida à metade. Em todo esse trecho, há uma alternância ininterrupta de um poste com iluminação, seguido de outro sem. Nos demais trechos da via, outros inúmeros postes estão com a lâmpada queimada.

Na Av. Dr. Carlos Botelho, entre a Av. São Carlos e a Rua Episcopal, o problema é ainda mais grave: não há nenhuma iluminação nesse trecho. Outros inúmeros postes com lâmpadas queimadas estão por toda a extensão leste-oeste dessa via, que liga importantes bairros da Zona Leste ao centro e à Santa Casa.

Ainda na região central, a equipe do São Carlos Agora verificou outros importantes pontos total ou parcialmente sem iluminação, os principais estão na Rua Nove de Julho, Rua Episcopal, Rua Conde do Pinhal, Rua Treze de Maio, Rua Major José Inácio, Rua Sete de Setembro, Rua Padre Teixeira, Rua São Sebastião e adjacências, Rua Riachuelo, Rua Aquidaban, Rua José Bonifácio e adjacências. Outro problema recorrente é a falta de poda das árvores, que obstruem a luz nos raros trechos onde as lâmpadas ainda resistem funcionando.

Outro ponto importante da cidade que está com praticamente 90% de lâmpadas queimadas é o Viaduto 4 de Novembro. As marginais, tanto as que dão acesso ao Sesc quanto às que levam à região da rodoviária, também contam com grandes trechos às escuras e outros em que o problema se alterna, com um poste iluminado, outro não.

Um breve balanço feito pelo São Carlos Agora conclui que, nas regiões percorridas pela equipe (centro e centro expandido), cerca de 15% a 20%  da iluminação está danificada. No entanto, afastando-se para as regiões periféricas, o problema se repete, mostrando uma cidade às escuras. Se o problema de iluminação pública não trouxesse outro – o da falta de segurança –, a população poderia até aproveitar a escuridão para espreitar o cometa verde. Mas quem se arrisca?

Em nota, a CPFL informou que deslocará equipes hoje (12) à noite para todos os locais em São Carlos apontados pela reportagem para fazer a vistoria e manutenção das lâmpadas queimadas."

 
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias