Menu
segunda, 20 de setembro de 2021
Cidade

Empresa aérea pretende operar na região e São Carlos fica de fora

13 Ago 2010 - 12h22Por Redação São Carlos Agora
0 - 0 -

Em 2007, a companhia aérea OceanAir mantinha vôos comerciais no aeroporto Dr. Mario Pereira Lopes. (foto: Aviação Paulista.com.br)Os aeroportos de Araraquara e Rio Claro podem ter voos regulares a partir de dezembro. A empresa interessada em operar nestas cidades é a Laguna Linhas Aéreas, que pretende voar para mais de 96 municípios. A companhia foi criada em 2001 na cidade de Lorena, no interior de São Paulo. De acordo com o site da Laguna, São Carlos não está nos planos da companhia.

Veja a lista com os municípios que a empresa pretende operar

A empresa ainda aguarda a concessão do Certificado de Homologação de Empresa Aérea (Cheta), da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Este é o último passo para iniciar a operação de transporte regular de passageiros; em abril, a Laguna obteve autorização para funcionar juridicamente como uma companhia aérea, atestado recebido com base na avaliação da viabilidade econômica do seu plano de negócios.

Os planos da empresa são ambiciosos. O objetivo é operar com uma frota composta de 48 aeronaves, Fokker 100 e 50, para 96 destinos, entre eles, Bauru, Botucatu, Campinas, Franca, Limeira, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto. Se o projeto se concretizar, a Laguna será a companhia aérea com o maior número de destinos no mercado brasileiro. A Trip, atual líder nesse quesito, voa para 78 municípios.

Em 2007, a companhia aérea OceanAir mantinha operações no aeroporto Dr. Mario Pereira Lopes. A rota tinha início no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, depois seguia para São Carlos, Ribeirão Preto e Brasília. Da capital federal, o mesmo vôo prosseguia para Barreiras, Lençóis e Salvador, na Bahia.

As tarifas entre São Paulo e São Carlos custavam a partir de R$ 96,00. De São Carlos a Ribeirão Preto, a partir de R$ 58,00, e de São Carlos a Brasília, R$ 447,00.

Os vôos eram operados de segunda-feira a sexta-feira em aeronaves EMB 120, com capacidade para 30 passageiros.

A empresa parou de manter voos na cidade pouco tempo depois, por causa da baixa demanda.
Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias