sábado, 02 de março de 2024
Cidade

Em São Carlos: Museu de Arte Contemporânea da USP visita acervo do Professor Ernesto de Souza Campos

31 Mai 2017 - 08h26Por Redação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

Através da ação direta do Pró-Reitor de Cultura e Extensão Universitária da USP, Marcelo de Andrade Roméro, uma equipe da Divisão Técnico-Científica de Acervo, do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC/USP), visitou no dia 26 de maio último o valiosíssimo acervo daquele que é considerado não só o idealizador da Universidade de São Paulo, como também o principal responsável pela implantação dos campi da USP no interior do estado - Prof. Ernesto de Souza Campos -, um conjunto de importantes documentos cuidadosamente depositado e preservado pela família Malta Campos na Fazenda Santa Maria do Monjolinho.

Foto: DivulgaçãoA equipe, constituída pelo Chefe da Divisão Técnico-Científica do MAC, Paulo Roberto Amaral Barbosa e pela Técnica de Conservação e Restauro, Renata Cassatti, foram recebidos na Fazenda Santa Maria do Monjolinho pela Bibliotecária e membro da família Malta Campos - proprietária da fazenda -, Vera Regina Zavaglia Malta Campos, e ainda pelo Diretor do Instituto de Física de São Carlos (USP) Prof. Tito José Bonagamba, que foi, desde o início e juntamente com os Profs. José Marcos e Carlos Goldenberg, ambos da Escola de Engenharia de São Carlos (USP), grande entusiasta, impulsionador e defensor do reconhecimento e publicitação da valiosa obra de Ernesto de Souza Campos junto à USP e à restante comunidade são-carlense.

Além de inúmeros documentos pessoais, que marcam e testemunham a vida e obra do acadêmico, médico e político - cujo nome ainda se encontra humildemente lembrado pela USP -, a equipe do MAC teve oportunidade de contatar com verdadeiras preciosidades relacionadas com a idealização e construção da USP na Cidade Universitária, em São Paulo, através de vários manuscritos, memorandos e esboços feitos com gravite pelas mãos de Ernesto de Souza Campos, imaginando e idealizando a Universidade de São Paulo.

A primeira ação da equipe da Divisão Técnico-Científica de Acervo, do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, será fazer um levantamento de todo o acervo pessoal do Prof. Ernesto de Souza Campos que remete aos primórdios da USP e de seus campi no interior do estado, seguindo-se, após isso, a elaboração do projeto de avaliação das necessidades de preservação do citado acervo, efetivando-se, dependendo de cada caso, as respectivas técnicas de higienização dos documentos e sua digitalização, por forma a que todo o material possa ficar disponível para futuros estudos por parte dos historiadores.

Os desejos da família Malta Campos é que a Fazenda Santa Maria do Monjolinho e seu valioso acervo possam ficar incluídos, em um futuro próximo, no roteiro turístico e histórico de São Carlos, com a participação ativa da Universidade de São Paulo.

Leia Também

Últimas Notícias