Menu
quinta, 24 de junho de 2021
Cidade

Em Nota de Esclarecimento, Roselei reitera que fez pedido para antecipação de abertura de portões nos CEMEIS

18 Mai 2015 - 14h30
0 - 0 -

O vereador Roselei Françoso (PT) emitiu, nesta segunda-feira (18), uma Nota de Esclarecimento à população e aos professores da rede municipal de ensino sobre pedido para antecipar o horário de abertura dos portões dos CEMEIS. 

Em 28 de abril, visando minimizar problemas relatados por diversos pais, o vereador protocolou na Câmara uma moção de apelo para que a Administração Municipal antecipasse em dez minutos a abertura dos portões. Porém, nesta segunda-feira, professores o procuraram informando que lhes foi passada uma consulta pedagógica sobre a antecipação do início do horário de aula a fim de atender a uma exigência do vereador.

 

Na Nota, Roselei reitera que jamais exigiu ou requereu a antecipação do início das aulas, mas sim, que sua moção de apelo referia-se única e exclusivamente à abertura dos portões das unidades de ensino. 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Vimos esclarecer à população e, principalmente, aos professores da rede municipal de ensino de São Carlos, que em 28 de abril de 2015, protocolamos nessa Câmara Municipal Moção de Apelo à Prefeitura Municipal para antecipar o horário de abertura dos portões dos CEMEIS para às seis horas e cinquenta minutos.

Nosso objetivo com a referida Moção era minimizar o problema que nos fora trazido por diversos pais, que alegavam que sendo o horário de abertura antecipado em 10 (dez) minutos, evitar-se-iam as inúmeras filas de espera para entrega das crianças; o desafogamento do trânsito nos arredores das escolas e o atraso dos pais nos respectivos trabalhos, ou seja, o pedido central dos pais era para que a Prefeitura, por parte de sua Secretaria Municipal de Educação, entendesse seus problemas e necessidades e colaborasse com a questão, afastando-se, inclusive, com isso falta dos alunos nas escolas.

Tratou-se de um apelo por mais consideração, respeito e humanização com os pais e as crianças escolares, que aguardam no vento, chuva e agora no frio pela abertura dos portões para a entrada nos CEMEIS.

Em momento algum, mencionamos, exigimos ou requeremos o INÍCIO das aulas para esse horário, pois, em que pese a redundância aqui necessária, a questão que abordamos foi sobre a espera na porta das escolas e não sobre o horário de início das aulas. Sabemos muito bem que esse fato interferiria na jornada dos professores e suas cargas horárias, desrespeitando a legislação vigente aplicável e não foi essa nossa intenção.

A Moção protocolada referiu-se única e exclusivamente à abertura dos portões e não às salas de aula, isto é, não envolve os professores. Cabe à Secretaria Municipal de Educação se organizar para esse fim ou justificar sua impossibilidade.

Considerando que na data de hoje recebemos várias ligações de professores preocupados com o nosso pedido, posto que lhes foi passada uma consulta pedagógica sobre antecipar o início do horário de aula, para atender a uma exigência nossa, nos vimos na obrigação de esclarecer à rede sobre a verdadeira e real proposta nossa que versou CLARAMENTE sobre os portões, sem sequer mencionar as aulas.

Atendemos diariamente os professores, visitamos constantemente as escolas para verificarmos como podemos estar contribuindo, inclusive, destinamos 70% (setenta por cento) de nossas emendas parlamentares para melhoria em nossas unidades escolares. Defendemos nessa Casa de Leis que os recursos, no valor de 2 (dois) milhões que seriam destinados para a construção de um prédio para a Secretaria Municipal de Educação fossem destinados à reforma das escolas da educação infantil e fundamental, tudo para melhoria de sua estrutura.

Nosso mandato está sempre à disposição da rede pública de ensino e trabalhamos em conjunto para melhorar a educação em nosso Município.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias