Menu
domingo, 28 de fevereiro de 2021
Cidade

Dia de Campo da Embrapa sobre sistemas integrados tem mais de 200 inscritos

27 Fev 2016 - 06h33Por Redação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

Cerca de 200 pessoas se inscreveram para participar do Dia de Campo sobre sistemas de integração - lavoura-pecuária (ILP) e lavoura-pecuária-floresta (ILPF). O evento ocorre neste sábado, 27, na Embrapa Pecuária Sudeste, em São Carlos (SP), a partir das 8h.

Produtores rurais, profissionais do setor agropecuário, técnicos e estudantes vão conhecer na prática modelos de integração. Os participantes vão percorrer cinco estações no campo. A primeira de consórcio de milho e braquiária em ILP, com os pesquisadores João Kluthcouski e Luiz Adriano Cordeiro, da Embrapa Cerrados. Em outra estação, os pesquisadores José Ricardo Pezzopane e Sérgio Esteves, da Embrapa Pecuária Sudeste, falam sobre o desempenho animal e vegetal em sistemas ILPF. Agricultura de precisão, fertilidade do solo e avaliação econômica dos modelos de integração também serão foco da apresentação dos pesquisadores Alberto Bernardi e Marcela Vinholis. Ainda pouco utilizada no país, mas com grande potencial, a integração de espécies arbóreas nativas com pecuária será demonstrada pela pesquisadora Maria Luiza Nicodemo. Nessa mesma estação, a pesquisadora Márcia de Oliveira fala sobre parasitas nesse sistema. Além disso, será apresentado aos participantes o uso de cerca elétrica em ILP e ILPF.

SISTEMAS INTEGRADOS

A integração, ILP e ILPF, tem sido foco da atenção nacional e internacional, principalmente pela capacidade de reduzir a emissão de gases de efeito estufa na pecuária. Mas esse é apenas um dos benefícios.

Sistemas integrados reúnem na mesma área diversas culturas, como produção de grãos, carne, leite, energia e madeira, em plantios rotacionados, consorciados ou de sucessão.

Produtores rurais têm implantado modelos de integração por ser uma alternativa viável para diversificar a produção e melhorar a renda, com sustentabilidade ambiental. Além disso, recebem incentivo federal, por meio do Plano de Agricultura de Baixo Carbono (plano ABC).

A Embrapa Pecuária Sudeste tem pesquisas com vários modelos desde 2005. Apesar de mais complexos, esses sistemas têm grande potencial para recuperar áreas degradadas, reduzir riscos de erosão, desenvolver pastagens com melhor qualidade, aumentar a capacidade de suporte de animais, além de garantir conforto térmico aos bovinos e incrementar a produção por hectare.

Para ampliar a área de adoção dessas tecnologias, além da realização de palestras, dias de campo e experimentos em feiras, a Embrapa Pecuária Sudeste iniciou em 2015 uma capacitação continuada. Com duração de três anos, visa capacitar técnicos para implantação de Unidades de Referência Tecnológica (URT) nesses sistemas na região Sudeste.

SERVIÇO

Dia de Campo sobre sistema ILPF

Data: 27 de fevereiro de 2016

Horário: 8h às 13h.

Local: Embrapa Pecuária Sudeste - Rodovia Washington Luiz, km 234, São Carlos (SP).

Mais informações: (16) 3411-5689

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias