quarta, 29 de maio de 2024
Cidade

Chuva, lama, emoção e muita adrenalina no 1º Baja Indoor

03 Jun 2015 - 09h34
0 - 0 -

Muita adrenalina e disputas entre estudantes de três universidades. Assim foi a primeira edição do Baja Indoor, que aconteceu domingo, 31, na pista construída pela equipe EESC USP Baja no Campus 2 da USP de São Carlos.

A equipe EESC-USP participou com seus dois carros, o protótipo 2014 e o 2015. Além disso, também marcaram presença as equipes Genau Baja UFSCar e Unicamp Baja SAE.

O evento estava programado para começar às 9h, porém devido ao mau tempo e chuva, houve um atraso de pouco mais de uma hora. As disputas , tiveram início volta das 10h30.

A competição teve início com as provas de segurança, onde os juízes checaram se os carros estavam aptos a correrem durante as 4 horas de prova sem oferecer riscos aos participantes. A outra prova de segurança foi a verificação do motor, para checar se não houve mudanças no mesmo – já que os motores são padronizados para todos os Bajas. Todos os quatro carros passaram tranquilamente pelas provas.

A última prova antes do Enduro foi a de frenagem, onde os carros devem travar suas 4 rodas e parar dentro de um espaço pré-determinado. Novamente, todos os protótipos se mostraram aptos e pudemos dar sequência a prova esperada.

Com a chuva que ocorria desde o início do evento, a pista já estava com muita lama desde o início, a qual só aumentou com o passar do tempo, o que aumento ainda mais a adrenalina e emoção da prova. Além disso, a pista contava com obstáculos como costelas, valas, tubos, subidas com um forte inclinação e rampas.

Após a largada, logo nas cinco primeiras voltas da prova, três carros sofreram quebras, assim o carro 2015 da equipe EESC USP pode começar a abrir uma vantagem sobre os adversários. Depois de algum tempo de manutenção, todos as equipes voltaram para a pista e as disputas surgiram novamente. 

Durante as primeiras 2 horas a equipe EESC USP seguiu com seus 2 carros nas primeiras colocações, mas devido a novas quebras do carro 2014, a Unicamp conseguiu assumir a 2ª Colocação, a qual manteve até o final da prova.

O resultado, após as 4 horas do evento foi:

1ª Colocação – Equipe EESC USP Baja protótipo 2015 – 59 voltas

2ª Colocação – Equipe Unicamp Baja – 37 voltas

3ª Colocação – Equipe EESC USP Baja protótipo 2014 – 30 voltas

4ª Colocação – Equipe Genau Baja – 27 voltas

Leia Também

Últimas Notícias