quinta, 29 de fevereiro de 2024
Cidade

Catharino quer memorial histórico do bonde na Vila Nery

17 Jul 2010 - 10h52Por Redação São Carlos Agora

O vereador Antonio Carlos Catharino (PTB) defende a implantação de um memorial histórico do Bonde da Saudade na Praça Arcesp, na Vila Nery, para manter vivo na memória urbana de São Carlos o período em que a cidade foi servida por aquele meio de transporte, entre 1911 e 1961.

Catharino entende ser necessária a complementação das obras de instalação do bonde na praça, para estabelecer o local como ponto turístico da cidade. “É importante que o espaço onde foi colocado Bonde da Saudade, cuidadosamente restaurado por Nicola Gonçalves, venha a receber uma proteção adequada e seja dotado de um painel com informações históricas para os visitantes”, afirma. “Assim, a Praça Arcesp pode ser colocada no roteiro de visitas inclusive de escolares que fazem pesquisas sobre a história de São Carlos”.

Os bondes elétricos circulavam na cidade em quatro linhas: cemitério-estação, santa casa-Diocesano,Vila Nery-estação e ramal matadouro.

Em novembro de 2009, Catharino apresentou na Câmara Municipal uma indicação (No.0578) para que a Prefeitura determinasse medidas para a implantação do memorial, com a instalação de proteção adequada para o “Bonde da Saudade”, exposto na Praça Arcesp desde 2008.

O vereador disse que a instalação da peça histórica naquele local – o chamado “Balão do Bonde” - atendeu a um anseio de toda a comunidade, valorizou a praça e promoveu um importante resgate da memória histórica de São Carlos. “No entanto, a conquista de um novo cartão postal da cidade precisa ser complementada com o memorial”, destacou."O bonde que circulou por meio século foi um personagem de fundo da história da cidade no século 20".

PRESERVAÇÃO - Catharino protocolou na Câmara nesta semana uma moção de apelo para que a Prefeitura instale o memorial e preserve o bonde, que vem sofrendo ataques de vândalos e enfrenta o risco de deterioração.

Já em dezembro de 2009 a  Prefeitura informava que estavam em estudos opções arquitetônicas para o local, que dependiam de disponibilidade orçamentária.

“É chegado o momento de instalar o memorial,até porque São Carlos já se destaca entre as cidades brasileiras que mais se preocupam em resgatar a memória urbana, o que é altamente louvável; a valorização do passado, sem dúvida ajuda a preparar o futuro”, frisou o vereador.

Leia Também

Últimas Notícias