Menu
quarta, 03 de março de 2021
#EuMeProtejo

Cartilha busca conscientizar e orientar pais para que ensinem filhos a se protegerem de abuso sexual

03 Mar 2020 - 08h48Por Marcos Escrivani
Cartilha busca conscientizar e orientar pais para que ensinem filhos a se protegerem de abuso sexual - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Com o intuito de conscientizar e orientar os pais de filhos menores a se protegerem de eventuais abusos sexuais, foi lançada a cartilha “Eu Me Protejo”, um projeto independente e voluntário, inédito no mundo, fruto da dissertação de mestrado na City University of New York - CUNY, de Patricia Almeida, em Estudos da Deficiência, e da experiência prática da psicóloga Neusa Maria, de Brasília.

O conteúdo foi construído com a colaboração de mais de 50 especialistas no assunto, testado e validado em diversas creches, escolas, clínicas e consultórios.

Em São Carlos, a enfermeira Dayane Fernanda Rodrigues de Campos, mãe de uma criança surda entrou neste projeto que reúne pessoas de vários lugares do Brasil pensando em como abordar o tema com as crianças surdas e deficientes intelectuais.

Será lançada uma versão em Libras da cartilha, com a ajuda da intérprete de Libras Viviane Saladino que também é mãe de uma criança surda e que conta com o apoio da Associacão de Surdos de São Carlos.

“A cartilha é online e tem um site (https://www.eumeprotejo.com) onde ela pode ser baixada gratuitamente”, disse Dayane, ao afirmar que o conteúdo é se fácil assimilação e bem objetivo e contém itens que abordam a educação para prevenção contra o abuso sexual; cartilha gratuita para crianças conforme sua capacidade de entendimento, para ser lida em família, na creche, escola, igrejas, etc; conteúdo de abordagem fácil e inclusiva, para todas as crianças, com ou sem deficiência; Licença Creative Commons, sendo possível ser reproduzida e utilizada universalmente, sem custo.

“A intenção é fazer a cartilha chegar ao maior número de mães e pais que têm medo que seus filhos sejam abusados, mas não sabem como ensiná-los a se protegerem”, disse.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias