Menu
domingo, 17 de janeiro de 2021
Cidade

Campanha busca ajudar a pequena guerreira Ana Laura

22 Out 2017 - 08h39Por Redação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

Em busca da solidariedade do povo são-carlense, que mostra-se atento e generoso às causas sociais, o São Carlos Agora entra em mais uma campanha que busca dar qualidade de vida e conforto para um bebê são-carlense, cuja mãe, desempregada e divorciada, passa por necessidades financeiras.

Amigos e familiares da pequena Ana Laura, de apenas 2 anos e sete meses, se mobilizam na arrecadação de doações. Idealizaram uma rifa que sorteará um tablet para ajudar nos custos do seu tratamento.

Ana, nasceu com síndrome de Down e faz acompanhamento de estimulação precoce na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e na Universidade Federal de São Carlos (USE). Entretanto, há um mês, a família descobriu após vários exames, que Ana Laura está com leucemia.

A mãe, Leandra, passou a residir em Campinas em um abrigo porque não pode se ausentar de perto do Hospital Boldrini onde a filha está internada.

Leandra, que é empregada doméstica, foi obrigada a pedir demissão do seu emprego, no qual trabalhava há 16 anos, para dedicar 100% do seu tempo para a filha. Os dias foram passando e o dinheiro para continuar o tratamento acabou. Leandra que é divorciada necessita muito da ajuda de todos. Por este motivo é que teve origem a campanha no intuito de angariar recursos financeiros, alimentos e fraldas.

Leandra tem ainda um filho, Eduardo, de 14 anos. Sozinha, cuida de ambos, uma vez que o pai é ausente. O único recurso da família é a pensão alimentícia do garoto.

AS NECESSIDADES

Ao São Carlos Agora Leandra disse que não possui condições financeiras e luta para conseguir ajuda de pessoas que possam contribuir de alguma forma.

Segundo ela, no momento necessita de fraldas XG, Mucilon, farinha láctea, frutas e mantimentos.  "A alimentação se torna bem mais cara por causa da necessidade de frutas e legumes em toda a alimentação, além de outros itens recomendados pela médica como hidratante infantil, protetor labial especifico, soro e várias outras coisas que vão surgindo o tempo todo", disse.

Leandra mora do Parque Fehr provisoriamente e paga aluguel. Quem quiser ajudar a família pode encaminhar doações de alimentos, fraldas (XG), ou qualquer quantia em dinheiro para a rua Ernane Estefânia, 297 - Parque Fehr. Contato pode ser mantido pelo fone 16 99233-9248. 

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias