Menu
quarta, 16 de junho de 2021
Cidade

Biografia sobre Ronald Golias mostra porque o comediante se tornou unanimidade

O lançamento do livro “Ronald Golias: o gigante do humor” acontecerá no dia 16 de setembro na FESC da Vila Prado

09 Set 2015 - 19h31
0 - 0 -

“Ronald Golias: o gigante do humor”, além de acompanhar a trajetória de Golias desde seu nascimento em São Carlos (SP), em maio de 1929, até sua morte 76 anos depois, em São Paulo, é também um relato histórico sobre a formatação da televisão no Brasil. Mas não é só isso. Em suas páginas, o leitor será apresentado a diversos causos e curiosidades envolvendo a personalidade, a vida e a carreira desse comediante que se tornou unanimidade nacional. Conhecerá, por exemplo, detalhes de sua vida que levaram seu padrinho e mentor, Manoel de Nóbrega, às lágrimas ou seu lado espiritual e o grande vínculo com o médium Chico Xavier. Além, é claro, de suas manias – como comprar dez vestidos exatamente iguais para a então esposa Lúcia – e do grande coração, que o fazia preterir um aumento salarial para que o restante da equipe pudesse ganhar mais. 

O autor do livro, o historiador e uspiano Luís Carlos Barbano, conheceu Golias quando tinha apenas 16 anos e era balconista de um armazém em São Carlos. Lembra-se bem do tumulto que a presença do humorista causou no local e também nele próprio. “Golias, em sua simplicidade, recebia os curiosos com um jeito ao mesmo tempo debochado e encabulado. Ele era uma celebridade, mas era de uma simplicidade de dar dó. Parecia que ele não se dava conta de sua fama e do quanto sua presença significava para nós, os são-carlenses”, revela.

Boa parte dos críticos, jornalistas e comentaristas refere-se ao humor de Ronald Golias como ingênuo, simples e familiar. Pois era exatamente assim que o comediante gostava de atuar, sem apelação, sem causar constrangimentos para quem quer que fosse. 

Admirado por todos que trabalharam e conviveram com ele, por sua honestidade e caráter, Golias também deu novo significado à expressão “profissional”. Decorava – e como decorava – os textos, conta seu parceiro e grande amigo Carlos Alberto de Nóbrega, que também garante que nunca viu Golias falar mal de alguém ou prejudicar um colega. 

Em 1960, Golias expressou o desejo de escrever sua autobiografia, mas acabou não concretizando seu intento. Por meio desta biografia, os destinos de Ronald Golias e Barbano voltaram a se cruzar.

Além da apurada pesquisa feita pelo autor, “Ronald Golias: o gigante do humor” conta com depoimentos, dentre outros, do apresentador Carlos Alberto de Nóbrega, da filha do Golias, Paula, do irmão Arlindo, da ex-esposa Lúcia, da deputada Cidinha Campos, da atriz Fafy Siqueira e de amigos e conhecidos de sua terra natal. A capa foi criada pelo artista plástico Wilson José Peron, além de uma caricatura do humorista feita por Ziraldo e uma ilustração feita pelo artista gráfico Iéio (Sergio Luiz Roda) especialmente para esta biografia.

A obra é encerrada com algumas piadas contadas pelo comediante que traduzem bem o tipo de humor que fizeram de Ronald Golias um talento único.

Serviço:

Quando: Dia 16 de setembro (quarta-feira)

Horário: das 19h às 22h

Local :  Fundação Educacional São Carlos – Unidade Vila Prado – Rua Itália, 756.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias