quinta, 22 de fevereiro de 2024
Cidade

Barba vistoria obras do Centro Olímpico de Atletismo

03 Set 2010 - 08h38Por Redação São Carlos Agora

O prefeito Oswaldo Barba vistoriou na manhã desta quinta-feira (2) a primeira etapa das obras de construção do Centro Olímpico de Atletismo de São Carlos “Bichara Damha” que abrange uma área de 15,5 hectares da fazenda São Miguel, cedida pelo Grupo Encalso/Damha, com localização privilegiada às margens da rodovia Thales de Lorena Peixoto (SP-318), que liga São Carlos a Ribeirão Preto, distante poucos quilômetros do centro da cidade, do aeroporto municipal Mário Pereira Lopes e da rodovia Washington Luís (SP-310).

A Prefeitura está investindo nesta etapa cerca de R$ 2,6 milhões (recursos do Ministério dos Esportes) e R$ 600 mil de contrapartida na terraplanagem da área e início da construção da Pista de Atletismo oficial que será sintética com 400m, 8 raias, arquibancada com campo de futebol e vestiários.

Acompanharam o prefeito na vista ao Centro, representantes da Lisonda Engenharia e Construções Ltda, empresa contratada para a execução das obras e os secretários municipais Flávio Micheloni (Obras), Rosoé Donato (Planejamento e Gestão) e Edson Ferraz (Esportes).

O prefeito Oswaldo Barba explicou que o Centro Olímpico de Atletismo vai ampliar ainda mais as oportunidades de se praticar esportes e desenvolver atividades físicas na cidade, além de dar a São Carlos a chance de sediar novos eventos do calendário esportivo brasileiro. “A pista de atletismo por ser oficial pode receber, provas importantes como, por exemplo, o troféu Brasil de Atletismo”, ressaltou o prefeito Barba.

Centro Olímpico de Atletismo - Além da pista de atletismo, as obras de construção do Centro Olímpico vão contemplar, numa segunda etapa, investimentos de R$ 18,4 milhões na construção de um ginásio multiuso equipado para ginástica olímpica, além de salão de jogos para xadrez, damas e tênis de mesa, quadra poliesportiva, quadras de tênis e laboratórios aparelhados e equipados de fisiologia do exercício, biomecânica, fisioterapia e avaliação física.

O projeto prevê ainda, numa terceira etapa, a construção de um ginásio poliesportivo, mais artes marciais, coberto e com piso sintético, sala de musculação completa e alojamento para atletas.

Leia Também

Últimas Notícias