Menu
sexta, 22 de janeiro de 2021
Cidade

Barba vistoria emissário do SAAE que irá beneficiar 30 mil pessoas

16 Ago 2011 - 20h25
0 - 0 -

O prefeito Oswaldo Barba, acompanhado do presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Carlos (SAAE), Eduardo Cotrim,  do vice-prefeito Emerson Leal e do secretário de Planejamento, Rosoé Donato, esteve na manhã desta terça-feira (16) nas obras do novo emissário de esgoto de São Carlos que vai atender o aumento da demanda e melhorar o esgotamento sanitário das regiões da Vila Santa Isabel, Jardim São Paulo, Parque São José, Distrito Industrial Miguel Abdelnur, Faber Castell S/A, avenida Coronel José Augusto de Oliveira Salles, Condomínio Residencial Waldomiro Lobbe Sobrinho, Pavilhão São Carlos Exposhow, Chácara das Flores, Vila Morumbi e parte do Jardim Cruzeiro do Sul.

O emissário também irá atender a expansão em empreendimentos da Prohab e do novo residencial que está sendo construído, pela iniciativa privada, próximo ao distrito industrial Miguel Abdelnur.

"Com o crescimento da região nos últimos anos o emissário antigo iria em breve começar a operar acima da sua capacidade normal prevista em projeto. O novo emissário foi projetado para resolver isso e atender a demanda futura prevista para a região. A obra irá atender aproximadamente 30 mil habitantes", explica o presidente do SAAE, Eduardo Cotrim.

Para o prefeito Oswaldo Barba, essa obra é de fundamental importância para evitar problemas futuros. "A cidade cresce cada vez mais, novas empresas se instalam e mais residências são construídas, por isso, precisamos melhorar, cada vez mais, a infraestrutura urbana", ressalta. "Estamos construindo um emissário com 2 mil metros de comprimento, desde os prédios do CDHU até a praça Itália, onde iremos ligar no emissário que faz a ligação com a Estação de Tratamento de Esgoto", destacou o prefeito.

O projeto do emissário desenvolvido inteiramente pelo SAAE e apresentado, através do Comitê da Bacia Hidrográfica Tiete-Jacaré ao Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FEHIDRO), órgão de fomento à política de Recursos Hídricos do Estado.

A obra orçada em R$ 265.300,12 recebeu do FEHIDRO R$ 193.669,09 e a contrapartida do SAAE é de  R$ 71.631,03. Serão executados 1.974 metros de emissário, sendo  796 m em PVC ocre  300 mm  1.177 m em PVC ocre  400 mm. A obra atende aproximadamente 30.000 habitantes. O efluente gerado será encaminhado para a Estação de Tratamento de Esgoto do Monjolinho.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias